Logo
  • Prefeitura de pinheiro desmente boatos postados no blog do John Cutrim


    NOTA DE ESCLARECIMENTO

    Caro senhor John Cutrim,
    Em respeito ao Direito à Informação, indissociável
    do compromisso com a verdade dos fatos e da responsabilidade de apurar e
    informar corretamente os acontecimentos, vimos, por meio desta, refutar as
    informações contidas na postagem reproduzida nesta quinta-feira (10/10), em seu
    blog, com o título: “Novo prefeito de Pinheiro inicia administração derrubando
    casas de pessoas carentes”. Esclarecemos que:
    Esta é a área onde acusam o prefeito, Filuca Mendes de ter derrubado casas de pobres. A foto mostra um Lixão sem condições de habitação

    1) É inverídica a informação de que o “novo
    prefeito de Pinheiro derrubou casas de pessoas carentes”, pois não existe
    sequer uma casa edificada no local que, inclusive, fica próxima a um lixão, o
    Aterro Sanitário, no bairro da Bubalina, área de alto risco à contaminação.

    2) Também não procede a informação de que o local
    foi transformado, no ano de 2011, pela administração do prefeito José Arlindo em
    “loteamento social”. A população foi ludibriada, em 2012, com a distribuição
    ilegal de lotes de terra, feita em plena vigência do período eleitoral, quando
    a Lei Eleitoral n0. 9.504, em seu artigo 73, estabelece como conduta vedada aos
    agentes públicos em campanhas eleitorais, entre outras, a distribuição gratuita
    de bens e serviços de caráter social, custeados ou subvencionados pelo poder
    público. Neste mesmo ano eleitoral, a juíza de Direito da 37ª. Zona Eleioral,
    Dra. Lavínia Helena Macedo Coelho, determinou o cumprimento da Lei Eleitoral
    que proíbe a doação de bens, tornando ilegal a suposta benevolência da gestão
    Zé Arlindo, em troca de votos, deferindo liminar que determinou a suspensão das
    doações;
    3) Assim que o Prefeito Filuca Mendes assumiu, verificando
    a ilegalidade das doações, bem como, o alto grau de insalubridade da área em
    decorrência da proximidade do Lixão, baixou o Decreto. nº 07/2013 determinando
    a imediata suspensão dos registros das doações ao Cartório de Registro da
    cidade e a proibição de construção na área;
    4) Também não procede a informação de que já
    existem “mais de 500 casas edificados no Residencial Rio Preto”, apenas cercas
    de arame farpado e a constante presença de aliados políticos do prefeito
    derrotado, que se comprazem em insuflar e iludir a população carente de
    Pinheiro;
    5) O uso de termos de pouca credibilidade na
    postagem revela a má intenção do autor do texto, um inimigo político declarado
    do atual prefeito Filuca Mendes, a exemplo da frase: “Corre ainda a conversa de
    que Filuca pretende anular o sorteio de 1000 casas construídas pelo programa
    “Minha Casa Minha Vida”, feito pela prefeitura e Caixa Econômica Federal” O
    texto subtraiu a informação de que o sorteio foi realizado, no município sem a
    presença de um auditor, com fortes suspeitas de fraude. O atual prefeito de
    Pinheiro, por sua vez, foi o responsável pela vinda do programa federal ao
    município, quando exercia o cargo de Secretário de Estado das Cidades,
    envidando todos os esforços para a redução do déficit habitacional no
    município.
    Reiteramos que os esclarecimentos sejam divulgados,
    a bem da verdade, e no sentido de que as informações levianas não se sobrepujem
    à credibilidade de seu blog.
    ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA PREFEITURA DE
    PINHEIRO

     Fonte blog do john cutrim

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!