Logo
  • Prefeitura de Pres. Sarney apresenta os dois médicos Cubanos do Programa Mais Médicos

    Os médicos Emanuel e Bárbara com o
    secretário “Dijó”
    A Secretaria de Saúde de Pres. Sarney apresentou na
    ultima segunda-feira (09), dois novos médicos provenientes de Cuba, dentro do Programa
    Mais Médico, do Governo Federal. Emanuel, e Barbara estão em Pres. Sarney desde
    a última semana.
    Eles
    foram apresentados em uma reunião na sede do sindicato da cidade. Os médicos
    serão divididos entre a Unidade Básica de Saúde do distrito de três furos, e no
    posto de saúde nova horizonte, na sede do município.
    O
    prefeito Edison Chagas, ressaltou que a vinda dos médicos se dá exatamente num
    período em que o município busca dar um salto de qualidade na saúde pública. Lembrou
    o prefeito Edson dos avanços que teve a saúde publica no município desde o
    inicio de sua gestão, com a construção de novos postos de saúde na zona rural e
    aquisição de veículos.
    O
    prefeito Edson anunciou que, até o fim do mês de dezembro um hospital de 20
    leitos em parceria com o governo do estado do maranhão será inaugurado no município.

    Segundo
    o chefe do gabinete da prefeitura, Josenildo Ribeiro “Dijó” com a vinda dos
    novos profissionais, o município vai poder estruturar mais as Unidades Básicas
    de Saúde e oferecer um atendimento mais qualificado para a população. “O foco
    do programa é a atenção básica, com eles vamos estar mais preparados para
    atender a população”, finalizo o secretário.
    “É
    uma ajuda importantíssima para a atenção básica de Pres. Sarney”. “São médicos
    que vão ficar permanentemente no município, o que é fundamental. E eles possuem
    experiência na atenção primária. E irão contribuir muito como nosso município,
    afirmou,  Jamile Bittencourt,
    Secretária de saúde do município
    .
    Os
    médicos cubanos estarão atuando de segunda a quinta cumprindo carga horária de
    40 horas semanais e nas sextas participarão de cursos da língua portuguesa e
    aprendizagem do dialeto local.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!