Logo
  • Repasse de Alcântara para EUA está bem adiantado, afirma ministro de Bolsonaro

    O acordo com os Estados Unidos para uso do Centro de Lançamentos de Alcântara, no Maranhão, está bem adiantado e respeitará cem por cento a soberania nacional.

    A declaração, feita nesta sexta-feira (11), é do ministro Marcos Pontes, da pasta de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

    Segundo informações do jornal paulista Folha de S.Paulo, este acordo do Brasil com os EUA é considerado por setores da Força Aérea Brasileira (FAB) como importante impulso para um programa espacial nacional.

    O objetivo é conseguir colocar satélites em órbita, técnica hoje dominada por um clube restrito de não mais que dez países, e comercializar bases de lançamento de satélites para países estrangeiros. Estimativas da FAB apontam que ganho poderia ser de R$ 140 milhões anuais.

    O Imparcial

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!