Logo
  • Sebrae promove com sucesso o Fomenta Baixada e Litoral Ocidental

    O mercado das compras públicas no Brasil é bilionário, sozinhas elas representam mais de 600 bilhões de reais. Com esse enfoque, Sebrae promoveu em Pinheiro, o Fomenta, evento que estreitou relações entre gestores públicos e os pequenos negócios.

    Aproximar governos e empreendedores dos pequenos negócios, esse foi o principal objetivo do Fomenta Baixada e Litoral Ocidental realizado na cidade de Pinheiro nos dias 13 e 14 deste mês, através de uma iniciativa do Sebrae Maranhão, por meio de sua unidade regional em Pinheiro, com o apoio da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Associação Comercial  e Industrial de Pinheiro (ACIP), da Prefeitura Municipal de Pinheiro, alémde diversas empresas parceiras, instituições e órgãos públicos municipais e estaduais.

    O evento aconteceu em uma estrutura montada na praça José Sarney, em Pinheiro e recebeu centenas de visitantes interessados em aprender a vender para o poder público. Em um balanço de ações foram realizadas oito palestras, duas oficinas, painéis, debates e vinte e quatro stands à disposição para visitação integraram a programação.

    Hoje, os pequenos negócios recebem tratamento diferenciado em licitações graças a Lei Geral da MPE e EPP – Lei Complementar 123/2006 e suas modificações e as Leis Complementares 128/2008 e 147/2014, que criaram uma política pública de ambiente favorável às micro e pequenas empresas desde 2006.

    O Diretor Superintendente do Sebrae Maranhão, João Martins, esteve em Pinheiro para a solenidade de abertura do evento e destacou o papel do Sebrae no apoio as micro e pequenas empresas que desejam vender para o governo.

    “A força que impulsiona o nosso trabalho todos os dias no Sebrae é o apoio que damos às micro e pequenas empresas no Maranhão e no Brasil. 98% das empresas neste país são micro e pequenos negócios, estamos fazendo um enorme esforço para abrir novos mercados para elase fazer valer o que está escrito na Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas. Não tenho dúvida que as compras governamentais são um instrumento importante para os empresários e municípios de médio e pequeno porte se desenvolverem” afirmou o diretor.

    O mercado das compras públicas no Brasil é bilionário, um levantamento feito em 2015 apontou que as compras governamentais movimentam sozinhas mais de 600 bilhões de reais, mas apenas 20% desse valor vai parar nas mãos de micro e pequenos empresários.

    “Com esta programação, intensa e extensa, queremos mostrar aos empresários e ao poder público dos municípios da baixada maranhense e litoral ocidental, que ao sentarem juntos para discutirem as alternativas de compra e vendas governamentais, um mundo novo se abre, com maiores oportunidades, que levarão ao aumento da qualidade de vida do baixadeiro e para quem vive no litoral ocidental, que tanto sonha com dias melhores no futuro”, completou Martins.

    A integridade das empresas e a nova lei que regula a prática das empresas limpas no Brasil também foi tema de uma palestra no Fomenta Baixada e Litoral Ocidental, comandada pelo auditor do Tribunal de Contas da União (TCU), Welliton Resende.

    “O empreendedor precisa ser honesto com o seu cliente porque isso gera bons frutos pra ele e trazer essa discussão para os pequenos gera em toda a sociedade a disseminação da informação da honestidade. Essa iniciativa do Sebrae é de grande valor porque nós realmente precisamos gerar essa informação, empoderar os empresários e consequentemente toda a sociedade”, disse Resende.

    Convidado para falar no evento sobre a aplicação da Lei Complementar nas compras públicas sob o olhar do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, o auditor do TCE e palestrante Fabio Melo enfatizou sobre a importância do Fomenta para a região da baixada e do litoral ocidental.

    “Eu acredito que trazer o fomenta para essa região foi uma escolha muito acertada do Sebrae e a partir daqui tudo irá mudar. O Fomenta, o próprio nome já diz, é um evento que vem para fomentar diversas ações que eu acredito que irão beneficiar muito as empresas e governos da baixada e do litoral ocidental. O Sebrae não está preocupado apenas com as pequenas empresas, ele está preocupado com a cidadania e o desenvolvimento do Maranhão”, afirmou Melo.

    O vice-prefeito de Pinheiro, Stelio Cordeiro, representou o governo municipal e destacou a iniciativa do Sebrae em realizar o Fomenta na região, que segundo ele necessita desse tipo de mecanismo para incentivar as empresas na sua formalização e busca por novos mercados.

    “A Prefeitura de Pinheiro é uma parceira de primeira hora do Sebrae e será de todos aqueles que venham contribuir para o crescimento da nossa cidade e da região. Não adianta pensarmos apenas no nosso município e não trabalharmos para termos uma região fortalecida, por isso o Sebrae está de parabéns, o que estamos vendo aqui é uma iniciativa macro, que irá beneficiar não apenas Pinheiro, mas todas as cidades da baixada e do litoral, e consequentemente fortalecer seus pequenos empresários” disse Cordeiro.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!