Logo
  • Senado: Gastão avalia cenário sem a presença de Castelo

    A decisão do PSDB de vetar a candidatura do
    ex-prefeito de São Luís, João Castelo, a senador deve provocar um fenômeno
    diferente nas eleições deste ano em relação à mais recentes disputa pelo
    Senado: a polarização do pleito entre dois candidatos.
    Em 2010, quando se elegeram
    senadores João Alberto e Edison Lobão, ambos do PMDB, havia, ainda, na corrida
    eleitoral o ex-governador José Reinaldo (PSB) e o então deputado federal
    Roberto Rocha, que era filiado ao PSDB à época.
    No caso de 2014, provavelmente
    estarão na disputa com chances reais de eleição apenas o deputado federal
    Gastão Vieira, pelo PMDB, e o vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha, pelo
    PSB. Os dois são os pré-candidatos mais bem posicionados nas pesquisas
    eleitorais sem a presença de Castelo como opção ao eleitor.
    Para o peemedebista, a decisão do
    PSDB já deu ao pleito um caráter plebiscitário. Segundo ele, o cenário com
    apenas duas candidaturas competitivas acaba favorecendo o eleitor.
    “Essa polarização leva o eleitor
    que ainda está indeciso a avaliar melhor os candidatos. Ele tem condições de se
    deter mais analisando o perfil técnico e político de cada um dos candidatos
    postos. Então, sob este aspecto, essa polarização é melhor”, analisou.
    Gastão Vieira avaliou, também,
    suas chances de eleição com a saída de João Castelo do jogo. O tucano era
    disparado o líder em intenções de votos para senador nas mais recentes
    consultas, mas deve ser candidato a deputado federal depois de ter sua
    pretensão ao Senado vetada pela Comissão Provisória Estadual do PSDB.
    O deputado acredita que pode ser
    beneficiado com a saída de Castelo. “Nos municípios onde eu já faço política, e
    não são poucos, eu já tinha desempenho melhor até mesmo do que o próprio João
    Castelo, segundo pesquisas nossas. Agora, com a saída dele, a missão é reforçar
    a minha presença nos municípios onde não sou conhecido”, destacou.
    Gastão acredita que esse segunda
    etapa deve ser iniciada tão logo seu nome seja confirmado em convenção estadual
    do PMDB. E já sabe por onde começar. “Preciso, principalmente, reforçar minha
    presença na Região Sul do estado”, pontuou, apontado um dos principais redutos
    eleitorais do adversário Roberto Rocha como meta para melhorar seu desempenho
    eleitoral.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!