Logo
  • Tribunal Superior Eleitoral mantém Solidariedade fora das Eleições de Pinheiro.

    decisaoA corte do Tribunal Superior Eleitoral manteve a decisão que exclui a Partida Solidariedade de sua composição majoritária e proporcional do Município de Pinheiro, nestas eleições de 2016.

    Os advogados da “COLIGAÇÃO PINHEIRO MERECE MAIS”, do prefeito eleito da cidade de Pinheiro, Luciano Genésio (PP), perderam o prazo de recorrer da decisão.

    Com a decisão do TSE, o quadro de vereadores eleitos no último dia, 03, na cidade de Pinheiro, fica inalterado. O vereador, Sandro Lima (PCdoB) da “COLIGAÇÃO PINHEIRO EM UM NOVO CAMINHO, que obteve 806 votos (1.95%), permanece com a vaga no legislativo.

    A vereadora Selma da Colônia (PP) da Coligação Pinheiro Merece Mais, que obteve 579 votos (1.40%), e aguardava a decisão do TSE, não voltará ao legislativo e deverá assumir uma secretaria na gestão de Luciano Genésio.

    O prefeito eleito de Pinheiro, Luciano Genésio, permaneceu com apenas 03 vereadores no legislativo pinheirense.

    O advogado da “COLIGAÇÃO PELO BEM DE PINHEIRO” Diego Moura, autor da ação, afirmou que as decisões mantidas em todas as instancias seguiram o mesmo entendimento e foram mais do que acertadas. “A justiça Eleitoral fez-se cumprir a lei, todas as instancias que foram unanimes a decisão estão de parabéns”, disse Diego.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!