Logo
  • Vereadores Beto de Ribão e Oziel Menezes participaram do Seminário MP contra a Corrupção e reivindicam sobre Centro de Hemodiálise e Curso de Medicina.

    Representando o poder Legislativo Municipal de Pinheiro os vereadores,  Beto de Ribão e Oziel Menezes participaram do Seminário MP contra a Corrupção que aconteceu na cidade de Pinheiro  nesta terça-feira, 06.

    O Seminário MP Contra a Corrupção, contou com a participação da sociedade civil e prefeitos das microrregiões da Baixada Maranhense, Litoral Ocidental, Gurupi e Pindaré. Membros do Ministério Público de 23 municípios da Regional de Pinheiro também participaram.

    Ao final do Encontro Regional de Pinheiro, os participantes apresentaram questionamentos aos membros do Ministério Público sobre as principais reivindicações da comunidade. Entre os temas recorrentes, foram citadas questões como concurso público, nepotismo nas administrações públicas, transporte escolar e os serviços públicos de saúde.

    O vereador Beto de Ribão, de Pinheiro, apresentou as reclamações dos estudantes de Medicina da Ufma (campus Pinheiro) sobre as carências estruturais e de professores no funcionamento do curso. Em resposta, a promotora de justiça Érica Éllen Beckman, que integra o Caop Educação, se comprometeu a levar a discussão para o Ministério Público Federal em São Luís, que tem a competência para atuar no caso.

    Também vereador de Pinheiro, Oziel Menezes, reclamou dos atrasos nas obras de construção do Centro de Hemodiálise, de responsabilidade do Governo do Estado. Coordenador do Caop Saúde, o promotor de justiça Herbeth Figueiredo informou sobre a existência de um TAC, firmado em 2016, em que o governo se comprometeu a criar mais sete centros de hemodiálise em todo o estado. Pelo termo, o prazo de conclusão das obras é até o final deste ano. “No caso de Pinheiro, a informação é de que até o mês de outubro os serviços estejam concluídos”, afirmou.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!