Logo
  • Vereadores da Oposição se defendem de acusações e falam sobre caso Albininho

    Os Vereadores da bancada oposicionista
    da Câmara de Pinheiro resolveram se pronunciar em relação ao caso Albininho, que vem repercutindo nos quatro cantos da Cidade,
    em Programas de TVs rádios e principalmente nas redes Sociais.
    Depois da Matéria vinculada no Blog do Ronald
    Coqueiro
    , onde três vereadores da Oposição e
    mais um Suplentes foram citados tendo uma Possível aproximação com o Gestor do
    Município, com participação do Secretario de Articulações Políticas pela
    viabilização da Permanecia de Albiniho na Câmara em favor da aprovação de
    Projetos enviados pelo executivo, a turma sai da reta e descarrega no Suplente
    Albininho.
    Disse o Vereador Elizeu de
    Tantan
     (PSB), que o comportamento
    adotado por Albininho também (PSB), causou muita indignação a bancada
    oposicionista, conta o vereador Elizeu que em reunião na presença dos
    Vereadores Leonardo Sá (PPS) e Nezio (PDT), fora dado uma segunda chance ao
    suplente, que segundo o vereador  agiu sorrateiramente como um “pilantra”,
    e desde então, cortou o relacionamento com o mesmo. Afirmou Elizeu que a saída
    de Leonardo para a entrada de albininho se deu pelas considerações políticas e
    pelo fato do Médico não ser remunerado pelo exercício da vereança, mas
    Albininho quando chegou a casa trocou aprovação de projetos em favorecimento ao
    executivo em troca de Alguns poucos contratos. Afirma Elizeu não exstir
    qualquer vinculo de Aproximação com o Prefeito do Município.
    O Vereador Nezio (PDT) disse que o que
    circula nas redes Sociais são matérias produzidas por Pessoas mal informadas ou
    mal intencionadas em relação a ele e aos Vereadores Elizeu de Tantan e Leonardo
    Sá. Afirma o vereador Nezio que são fatos inverídicos e que ele já tem uma
    história política em Pinheiro como Oposição. Nezio se classifica como um dos
    poucos vereadores “Biológicos” de seu partido, e que defende seu ponto de vista
    e projetos e política do Partido. Nezio afirma que não existiu negociata nenhuma
    tendo o seu envolvimento, e foi um dos defensores da permanência de Albininho
    na Câmara, disse Nezio que Albininho tinha um acordo de permanecer com a
    oposição por onde foi votado, mas resolveu aliar- se ao prefeito em toca de 2
    ou 3 contratos. Concluiu Nezio, que está em 3º mandato, e sempre manteve a sua
    posição, e nunca votou e nunca votará com o grupo Sarney, e que nunca negociou
    e nunca negociará com o Prefeito da Cidade.
    Leonardo Sá disse que atendendo, o
    anseio da Oposição voltou à câmara de Pinheiro, já que o Suplente albininho,
    não aprovou nenhum projeto de interesse do povo de Pinheiro, e não acompanhou o
    voto da oposição. Leonardo classificou de Parasita e Aloprado sem credibilidade
    quem vinculou alguma Matéria ao seu respeito insinuando possível aproximação
    com o Prefeito Filuca, “falam o que querem e a internet é um campo
    livre, disse o Vereador, que desafia qualquer um a provar que o mesmo tenha
    recebido algum beneficio vindo o executivo Municipal”. Afirmou Leonardo que
    mesmo com muitas ocupações e não tendo remuneração pela casa, não poderia
    deixar Albininho aprovando projetos que não visão o beneficia da População de
    Pinheiro e sim interesses Próprios, disse o vereador que este será o seu ultimo
    mandato como vereador e que exercerá agora até o ultimo dia, e que busca novos
    horizontes.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!