Logo
  • Victor Mendes pede criação da Universidade Federal da Baixada

    v1Em audiência com o Ministro da Educação, Mendonça Filho, na tarde de ontem (8/06), o deputado Victor Mendes PSB/MA apresentou uma série de propostas de melhorias e assuntos de interesse do Maranhão.

    O projeto de criação da Universidade Federal da Baixada foi um dos principais pontos da pauta, que contemplou, ainda, problemas e melhorias no Campus da UFMA, em Pinheiro, e outras intervenções do MEC no Maranhão.

    Ao ministro, o parlamentar externou a preocupação de professores, alunos e dirigentes com o funcionamento adequado dos diversos cursos ali oferecidos, e, particularmente demandas do curso de Medicina, dentre as quais questões estruturais, contratação de professores, instalação de laboratórios e do restaurante universitário, segurança e transporte, além do cumprimento de itens pactuados entre o Ministério e a UFMA, que asseguram o funcionamento pleno do Campus.

    Victor Mendes também reforçou junto ao Ministro, a proposta de transformação do Hospital Regional da Baixada, Dr. Jackson Lago, em hospital universitário, pleito esse que já vinha sendo discutida entre a UFMA, Governo do Estado e o MEC, no entendimento de sua importância para a formação dos alunos de Medicina, levando-se em conta a realidade da região.v2

    No que se refere à Universidade da Baixada, proposta encampada pelo deputado desde o início do mandato e também no âmbito da Comissão de Educação onde vem sendo discutida, Victor Mendes reivindicou a Mendonça Filho os estudos necessários. A ideia é que a Universidade seja voltada para a produção de conhecimentos focados na realidade local e que sirva de modelo para outras regiões do estado, como a região tocantina.

    Do ministro, Victor Mendes recebeu a garantia de que esses estudos serão iniciados por uma equipe técnica a ser designada pelo MEC nos próximos meses, assim como também a perspectiva de uma comissão especial para o levantamento dos dados necessários à transformação do Hospital Regional em unidade universitária e para os encaminhamentos das melhorias no campus de Pinheiro, dando ênfase às mais urgentes.

    Para o deputado, a agenda foi bastante positiva, por abrir perspectivas de soluções. “Continuaremos insistindo e buscando alternativas, tratando como prioridade essas demandas. A boa receptividade do ministro nos leva a crer em avanços nas questões que a ele apresentei, todas de interesse do Maranhão e da Baixada”, explicou o deputado.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!