Logo
  • Wallace James Pres. da Câmara Municipal de Pres. Sarney garante que processo principal não foi julgado e permanecerá no Legislativo.

    Wallace James (Pres. da Câmara de Pres. Sarney)
    Na manhã desta sexta
    (09), o vereador Wallace James (DEM), Presidente da Câmara Municipal de Pres.
    Sarney, em entrevista a uma TV local, fez esclarecimentos sobre boatos que
    rondam o município, onde afirmam que uma decisão do TSE, teria deixado o
    vereador fora do parlamento.
    Afirma o Vereador, que
    essa decisão não foi tomada agora e sim desde o mês de Maio, e diz respeito a
    um agravo regimental impetrado pelo MPF, sobre o processo que enfrenta o
    vereador no município de Pres. Sarney, o ocorrido na verdade foi apenas a
    publicação da decisão que o mesmo já estava ciente do teor da decisão.
    Disse o vereador que a
    decisão proferida, não foi o julgamento do processo principal. A decisão apenas
    torna o seu processo possível de ser apreciado pelo plenário do TSE. O relator
    do processo o Ministro Marcos Aurélio de Melo, em seu entendimento, o MPF não
    era parte para recorrer da eleição do vereador. Daí o MPF, entrou com um agravo
    regimental, onde o recurso caiu com o ministro Dias Tóffoli, entendeu o ministro
    que o MPF é parte sim, determinando ao ministro Marco Aurélio dar conhecimento
    ao recurso e colocar sobre apreciação do TSE. Só daí então, o recurso sobre a
    candidatura, o mandato do vereador será julgado. Afirma James que até o
    momento, o recurso principal, que diz respeito ao mandato do parlamentar ainda
    não foi julgado.
    Wallace James, tranquilizar
    a população do Município de Pres.Sarney. Afirma James que permanece vereador é
    Presidente da Câmara municipal, e que está com o pé firme, pediu o vereador a
    população de Pres. Sarney, que não acredite nessas noticias infundadas
    mentirosas sem nenhum compromisso com a verdade, os adversários fazem qualquer
    coisa para confundir a população.

    Diz James que já estava aguardando
    a publicação da decisão para entrar com as medidas judiciais cabíveis, o que de
    fato já aconteceu, garante o vereador que a situação está sobre controle, e
    aguarda a decisão final do TSE. que acontecerá daqui a algum tempo.   

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!