Logo
  • Washington é empossado como conselheiro do TCE

    Em
    sessão extraordinária realizada nesta segunda-feira (02), o ex-vice governador
    do Maranhão, Washington Oliveira, foi empossado como conselheiro do Tribunal de
    Contas do Estado.
    A
    solenidade aconteceu no plenário do TCE e contou com a participação de
    representantes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário; além de amigos
    e familiares de Oliveira, que assumiu a vaga deixada pelo ex-conselheiro Yêdo
    Flamarion Lobão, que se aposentou compulsoriamente no mês passado.
    A
    sessão extraordinária transcorreu de maneira simples e rápida. A saudação por
    parte dos membros da Corte de Contas (conselheiros e procuradores do Ministério
    Público de Contas) foi feita pelo vice-presidente do Tribunal, conselheiro
    Jorge Pavão.
    “O
    conselheiro Washington, como homem público, tem bons serviços prestados à
    sociedade maranhense. E agora, nesta nova missão, tenho certeza que
    desenvolverá um bom trabalho, sempre pautado no compromisso com a ética e a
    transparência”, afirmou Pavão.
    O
    presidente do TCE, conselheiro Edmar Cutrim, também destacou a trajetória de
    vida de Washington Oliveira que, segundo ele, sempre atuou como servidor
    público federal exemplar, militante sindical e político responsável, e
    vice-governador atuante.
    “O
    Tribunal tem função fundamental para a sociedade. É ele quem orienta e
    fiscaliza a boa aplicação dos recursos públicos. O conselheiro Washington tem
    uma trajetória de vida pautada no zelo com a coisa pública. Dará, a partir de
    agora, importante contribuição a esta Corte de Contas”, disse Cutrim.
    Em
    seu discurso, Washington Oliveira agradeceu o apoio da família, amigos e
    militantes políticos que o acompanham há décadas. Afirmou que como conselheiro
    do TCE atuará em sintonia com os seus pares, trabalhando para que a sociedade
    se aproxime, cada vez mais, das atividades do Tribunal. Ele também agradeceu a
    forma respeitosa e receptiva com a qual foi recebida pelos conselheiros e
    demais servidores da Corte de Contas.
    “A
    exemplo do que fiz ao longo da minha pública, pautarei meu trabalho aqui, nesta
    Corte, na transparência e zelo para com relação as contas públicas. Além disso,
    me esforçarei ao máximo para disseminar o caráter pedagógico que o Tribunal
    possui. Aproximar os gestores do TCE como forma de orientá-los a administrar seguindo
    a lei e aplicando bem os recursos”, garantiu Oliveira.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!