Logo
  • Zé Inácio defende ampliação dos leitos da Baixada para pacientes com coronavírus

    O deputado estadual Zé Inácio (PT) vem defendendo nos últimos dias a necessidade e urgência de ampliação do número de leitos destinados a pacientes acometidos pelo coronavírus no hospital Regional da baixada.

    “O Hospital Macrorregional da Baixada atende a 40 municípios, cerca de 500 mil pessoas vivem ali, uma área onde o número de casos de pessoas com coronavírus vem crescendo de maneira incisiva. É necessário que pelo menos 70% dos leitos disponíveis no hospital  sejam destinados a atender pacientes com coronavírus”, afirma.

    Zé Inácio encaminhou uma indicação ao Governador do Estado solicitando a ampliação imediata dos leitos disponíveis.

    “Várias lideranças da região têm nos procurado para relatar a necessidade de mais leitos. Assim, já protocolamos indicação solicitando ao governo a ampliação dos leitos para pacientes com coronavírus, bem como outras medidas  que permitam um melhor atendimento a esses pacientes “, disse Zé Inácio.

    O coronavírus vem avançando de forma exponencial para o interior do Maranhão. Em 1 de maio, eram 997 casos em 97 municípios do Maranhão. Hoje (25/05) são 16.210 pessoas infectadas em 207 cidades, fora a capital São Luís, que é o epicentro do vírus. 70 % dos novos casos registrados estão no interior do estado.

    Quando se trata de leitos disponíveis, os dados também preocupam. Em 1 de maio, a ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do interior era de 18,54% (total de 81) e o de enfermaria (total de 168) de 9,52%. De acordo com boletim do dia 25 de maio, mais leitos haviam sido acrescidos e, mesmo assim, a ocupação era de 71,68% (total de 113) e enfermaria de 69,90% (total de 289). Vale lembrar que esses números são referentes aos leitos disponibilizados pelo SUS por meio da SES/MA e estão distribuídos nas demais regiões do estado, com exceção da Grande Ilha e Imperatriz. Restavam no interior do estado 87 leitos de enfermaria e 32 de UTI.

    A Baixada Maranhense é uma das que vem tendo um crescimento significativo dos casos de Covid-19. Composta por 21 cidades, com aproximadamente 500 mil habitantes, a região registra atualmente (25/05) 1497 casos e 28 óbitos. As cidades de Pinheiro, Viana e Santa Helena são as que registram o maior número de casos, respectivamente. Pinheiro, São João Batista e Anajatuba são as cidades com maior número de óbitos.

    Esses números mostram a necessidade imediata de ampliação do número de leitos, do Hospital Dr. Jackson Lago, dedicados ao tratamento de pacientes com a Covid-19.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!