Logo
  • Zé Inácio repudia palestra que desmoraliza os missionários Irmã Dorothy e Padre Josimo Tavares

    O Deputado Estadual Zé Inácio em seu discurso, hoje 19/04, na Assembleia Legislativa repudiou e denunciou a divulgação de um ato fascista travestido de palestra “Os Falsos Mártires da Teologia da Libertação”, com o intuito de desmoralizar a memória dos missionários: irmã Dorothy, assassinada em 1995 no Pará, e do Padre Josimo Tavares, assassinado em 1986, em Imperatriz.

    Os dois missionários cristãos foram bravos defensores que lutavam em favor dos oprimidos e contra a oligarquia latifundiária estabelecida nos Estados do Pará e do Maranhão, mas foram brutalmente assassinados. O parlamentar ainda falou da quantidade de terras da União griladas em mãos de latifundiários no Estado do Pará e Maranhão. “Essa luta vem de muitos anos e é acirrada desde a década de 80, e continua vitimando muitos trabalhadores e muitas lideranças”, disse Zé Inácio.

    O Deputado ainda disse que é necessário que o parlamento maranhense repudie essas manifestações. “Temos o direito a livre manifestação do pensamento, no entanto a Constituição Federal não admite atos de terrorismo, fascistas, que é o que essas pessoas estão promovendo com essas pseudo-palestras. Então isso é o acirramento do ódio que está estabelecido hoje na sociedade brasileira e que nós temos que repudiar com veemência”, protestou.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!