Logo
  • Alô MP! Para onde foi mais de meio milhão de material esportivo comprado pelo prefeito de Pinheiro que acabou os jogos escolares depois de 28 anos?

    Depois de 28 anos, a prefeitura municipal de Pinheiro, deixou de realizar os Jogos Escolares Pinheirenses (JEP’s), competição essa,  aguardada com grande expectativa pelos estudantes da sede e zona rural e sofreu baixa depois de quase 3 décadas.

    Com a não realização dos jogos escolares na cidade de Pinheiro, chama a atenção os contratos milionários firmados entre o prefeito da cidade e três empresas para fornecimento de material esportivo. Somados os contratos ultrapassam meio milhão de reais.

    A Empresa PARGA E FILHOS LTDA-ME com sede no bairro de Bequimão em São Luis,  firmou um contrato no valor de R$ 137.946,40 (cento e trinta e sete mil, novecentos e quarenta e seis reais e quarenta centavos) para fornecimento de material esportivo para prefeitura de Pinheiro. Os outros dois contratos, foram firmados com as Empresas S. D. MATERIAL ESPORTIVO LTDA-ME com sede na Vila Bacanga em São Luis, no valor de  R$ 235.485,50 (duzentos e trinta e cinco mil, quatrocentos e oitenta e cinco reais e cinquenta centavos) e a  Empresa TUKANNUS EMPREENDIMENTOS E COMERCIO LTDA com sede no bairro ilhinha em São Luis no valor de R$ 173.744,04 (cento e setenta e três mil, setecentos e quarenta e quatro reais e quatro centavos). Somados os três contratos, o valor total de material esportivo comprado pela prefeitura de pinheiro é de 547,175.94 (quinhentos e quarenta e sete mil, cento e setenta e cinco reais e noventa e quatro centavos). Mais de meio milhão de reais em material esportivo que nunca foi visto em Pinheiro.

    Em entrevista a Nova TV Difisora de Pinheiro, o fundador dos jogos escolares na cidade, Gilmar Soares, garantiu que a competição será realizada sem o apoio da prefeitura municipal e contará com a participação apenas das escolas da sede do município.  Disse ainda Gilmar, que o Jogos Escolares Pinheirenses terá o apoio do deputado estadual, Othelino Neto, que fará a doação de troféus e medalhas.

    Mais um caso para ser investigado pelo Ministério Público.

    Abaixo a entrevista na integra do fundador do JEP’s, Gilmar Soares.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!