Logo

Assassino confesso da jovem Yasmim é preso pela Polícia Civil em Cururupu

O assassino confesso da jovem Yasmim Rodrigues Lopes, de 20 anos, encontrada morta nesta quinta-feira (11), em um cais da cidade de Cururupu, foi preso pela Polícia Civil na tarde desta sexta-feira (12), após o serviço de inteligência da Polícia Civil iniciar as investigações. O acusado foi identificado como sendo Weldson Bruno Pinheiro Ferreira, de 20 anos.

Segundo  fontes da Polícia Civil, o assassino confessou o crime, o acusado conhecia a vítima, pois eles trabalharam juntos em um bar que fica localizado no cais da cidade e, eram vizinhos, ambos moravam perto um do outro.

Para convencer a vítima, o assassino teria inventado uma história para conseguir levá-la até sua casa que fica próximo do bar localizado no cais, onde teria estrangulou a jovem e depois a jogado no fundo do quintal.

Ainda segundo as investigações, com base no depoimento do assassino, ele teria agido sozinho, sem a participação de terceiros, não havia ninguém em casa, o acusado aproveitou que havia brigado com a sua esposa, e sabendo que ela não estava em casa cometeu o brutal assassinato.

Durante a prisão, populares tentaram agredir o acusado, mais foram contidos pela Polícia, mediante o risco de linchamento, o assassino foi transferido para outro município. A Delegada responsável pelas investigações, pede que a população evite fazer qualquer movimento em frente a Delegacia, pois o criminoso não se encontra mais no município. Da mesma forma, ele pede que a esposa do assassino não sofra qualquer ataque, pois ela não tem nenhuma participação no ato criminoso.

ENTENDA O CASO

Yasmim Rodrigues Lopes, 20 anos, foi encontrada morta nesta quinta-feira (11), após ser confirmado seu desaparecimento por amigos e familiares.

Segundo as primeiras informações, o corpo da vítima teria sido encontrado boiando na água com as mãos e os pés amarrados, ainda segundo as informações, a vítima estava com as roupas abaixo da cintura, o local onde o corpo foi encontrado é o cais da cidade, nas proximidade da Rampa após a vítima ser dada como desaparecida a mais de 24 horas.

Icururupu

0 Comentários

Deixe o seu comentário!