Logo
  • Aumenta o roubo de gado em Pinheiro

    Apesar das constantes ações da polícia local, a cada dia aumenta o número
    de roubo de gado no município de Pinheiro, principalmente neste período de estiagem,
    quando os pecuaristas e pequenos criadores, devido a seca em suas propriedades,
    são obrigados e levar seus animais para os campos próximos ao rio Pericumã,
    onde a vegetação nativa, o chamado “capim de marreca” existe em abundância.
     O gado fica solto nos campos e a noite os ladrões aproveitam para levar
    os animais.

    No início do mês pelo menos  dez desses animais, sendo três vacas, três
    bezerros, uma novilha e três bois foram roubados na proximidade do povoado
    Banco de Areia, localizado as margens do Pericumã. Outros animais foram
    roubados das proximidades do Sêrro, também nas proximidades do rio.

    A polícia investiga o caso e segundo informações de um policial, os animais
    foram levados para um povoado do município de Palmeirândia, de onde depois seriam
    levados para outra região. O policial que os ladrões agem em grupo e que fazem
    parte de uma quadrilha numerosa e perigosa, formada pessoas de Pinheiro,
    Palmeirândia e inclusive por elementos vindos do estado do Pará.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!