Logo
  • Cabo Campos protocola 14 proposições defendendo policiais, bombeiros e outras categorias.

    O
    deputado Cabo Campos (PP) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, nesta
    terça-feira (2), para informar que protocolou 14 proposições na Mesa Diretora
    da Casa, defendendo os policiais militares, bombeiros e outras categorias
    profissionais do Maranhão.
    Em
    seu primeiro pronunciamento como deputado estadual, Cabo Campos informou que
    apresentou o projeto de lei na Mesa Diretora da Casa, denominando Palácio
    Governador Jackson Lago, a Sede do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão
    (TCE).
    O
    parlamentar apresentou também projeto de resolução legislativa, alterando o
    Regimento Interno da Assembleia para criar Medalha de Mérito Legislativo
    “Sargento Sá”, de acordo com o deputado – “um grande militar que foi vítima das
    facções criminosas ano passado”.
    Em
    outras indicações, Campos pediu a construção da ponte do Rio Pericumã, o piso
    salarial militar pela PEC 300, promoção automática na Polícia Militar e nos
    Bombeiros, o fim do RDE e elaboração do novo Código de Ética da Polícia Militar
    dos Bombeiros.
    Cabo
    Campos apresentou também projetos sugerindo o quadro complementar do Colégio
    Militar Tiradentes, lei de organização básica, o adicional noturno para
    militares e bombeiros, o escalonamento vertical e sessão especial para as
    mulheres no dia 12 de Maio.
    PARABENIZANDO
    WALDIR MARANHÃO
    No
    final do pronunciamento, o parlamentar parabenizou o companheiro de partido,
    deputado Waldir Maranhão (PP), que acaba de conquistar a 1ª Vice-Presidência da
    Câmara Federal, integrando o comando da nova Mesa Diretora para quadriênio
    2015/2018. 

    Agência
    Assembleia

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!