Logo
  • Cururupu: prefeita que recebeu mais de 32 milhões do Governo Federal atrasa salário de servidores

    Desde o mês de janeiro de 2017, a prefeita de Cururupu, viu as contas bancárias da prefeitura serem encharcadas de tanto dinheiro enviados ao município pelo governo federal. Só para que a sociedade cururupuenses possa ter uma noção dos montantes transferidos a prefeitura, apenas em nove meses, a prefeita Rosinha recebeu quase 33 milhões de reais, sendo a quantia exata de R$ 32.781.483,62.

    Mesmo recebendo toda essa fortuna, a prefeitura da cidade foi acionada pelo Mistério Público que solicitou o bloqueio de contas do município para garantir o pagamento dos servidores. A solicitação dos bloqueios foram  referentes aos Fundos de Participação dos Municípios (FPM) e de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), além do ICMS – Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços.

    Agora veja abaixo quanto recebeu a prefeita Rosinha em repasses federia do FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) e Fundo de Participação dos Município (FPM).

    De acordo com a busca feita pele Blog do Vandoval Rodrigues no portal da transparência, em 9 meses a prefeita Rosinha recebeu 10.175, 742,07, ou seja quase 11 milhões de reais, do FUNDEB, verba essa destinada a educação. E 9.214.488,67, ou seja,  mais de 9 milhões de reais do FPM (Fundo de Participação dos Município).

    Com toda essa fortuna nas contas do município de Cururupu, a prefeitura da cidade foi acionada pelo MP pela falta de pagamento dos servidores referente ao mês de agosto. Um montante que desaparece através de contratos milionários firmados pela prefeita da cidade.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!