Logo
  • Depois de onda de protestos contra a construção do presídio em Pinheiro, obra é paralisada por 72 horas e mega reunião acontece com toda sociedade nesta sexta-feira.

    Depois de vários
    protestos realizados pela comunidade de ponta de Santana e povoados visinhos da
    povoação onde o governo do estado iniciou a construção do presido regional da baixada,
    representantes do governo resolveram abrir dialogo com toda a sociedade
    pinheirense.
    Na manha de ontem
    quarta-feira (05) pela segunda vez os moradores interditaram a MA-106 em
    protesto conta a construção do presídio. Depois de horas de interdição da via
    que causou um congestionamento de quase 20 km ao longo da MA, representantes do
    governo do estado entraram em contato com os lideres da manifestação e com o
    encarregado da obra. A construção do presídio foi paralisada por 72 horas. 
    Diálogo
    com a sociedade pinheirense.
    Acontece nesta
    sexta-feira (07) a partir das 10:00hs da manhã no auditório do Colégio
    Pinheirense, uma mega reunião com toda a sociedade pinheirense para discutir  os rumos a serem tomados em relação a construção
    do presídio regional da baixada no município de Pinheiro, em especial povoado
    Ponta de Santana.
    O evento que contará com
    representantes de todas as classes da sociedade pinheirense aguarda a presença
    do Secretário de Justiça e Administração Penitenciaria, Sebastião Uchoa.
      

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!