Logo

Depois de ser cobrado por agiota na Assembleia e dar calote com cheque sem fundo, deputado Leonardo Sá declara empobrecimento

Depois de emitir cheques sem fundo e ser cobrado por agiota na Assembleia Legislativa (Reveja Aqui), o deputado estadual Dr. Leonardo Sá (PP), também conhecido por não cumprir acordos com aliados, declarou empobrecimento nestas eleições.

As informações são do Divulgacand 2020  (Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais) no site do TSE. Não eleições 2020 quando Sá foi candidato a prefeito na cidade de Pinheiro pelo (PL), declarou à justiça eleitoral R$ 990.000,00 em bens.

Na época os candidatos a vereador que acompanharam Sá em Pinheiro, foram ludibriados, contraindo dividas eleitorais por acreditarem em acordos firmados para o pleito. Depois das eleições municipais, 90% do grupo político abandonou Sá por decepção e falta de companheirismo.

Já nestas eleições estaduais deste ano, Leonardo Sá, deputado estadual aliado do governo, declarou empobrecimento a justiça eleitoral. Sá declarou que perdeu receita nos últimos dois anos de quase meio milhão declarando a justiça R$ 640.000.00 em bens.

Que a fama de caloteiro e fato ocorrido em Pinheiro com aliados nas eleições municipais sirva de exemplo para os novos apoiadores………

0 Comentários

Deixe o seu comentário!