Logo
  • Deputado Cabo Campos destaca chamada dos excedentes da PMMA.

    O
    presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado
    Cabo Campos (PP), destacou a última chamada dos excedentes d
    o
    Concurso da Polícia Militar do ano de 2012, realizada pelo Governo do Estado.
    Na ocasião, o
    parlamentar, que tem se mostrado atuante em defesa da Segurança Pública,
    ressaltou a importância da chamada dos excedentes das Polícias Militar, tendo
    em vista a importância dos serviços fornecidos pela classe.
    “De grande
    relevância essa última chamada, onde mais de 2200 candidatos foram chamados. O que era pra ser
    feito no governo passado, o governo atual está fazendo. por isso, gostaria de
    parabenizar o governo do estado do maranhão, e reafirmar minhas esperanças no
    governo Flávio Dino. Agradecer também, em segundo lugar, o secretário de
    segurança, Jefferson Portela, o secretário de Gestão e Planejamento e também os
    excedentes da Polícia Militar do Maranhão. Outra luta que nós travamos nos
    últimos dias foi com relação à pontuação. Iriam chamar para São Luís e
    Imperatriz somente aqueles que fizeram 31 pontos, mas partimos para o diálogo
    com aquelas pessoas que podiam mudar essa realidade. Estivemos em Imperatriz
    falando com os excedentes, fizemos uma carta ao Felipe Camarão, e o Governo
    entendeu que poderia, sim, chamar aqueles que têm 30 pontos. Então, portanto,
    em São Luís e Imperatriz, quem fez 30 pontos vai poder fazer o TAF tão almejado
    pela corporação”, disse Campos.
    Campos
    destacou também todo processo de espera, até a concretização da chamada dos
    mais 2200 candidatos. “Nós encampamos a luta
    dos excedentes e também dos sub judice da Polícia Militar e do Corpo de
    Bombeiros. Fizemos reuniões com OAB, Ministério Público, Procuradoria Geral de
    Justiça, Secretariado do governo passado, e as portas todas fechadas. Lembro-me
    que a primeira reunião foi no salão da minha esposa, uma reunião muito
    dinâmica, com jovens fortes, e de repente iniciou-se o ano de 2015 com a
    promessa do senhor governador de convocar os excedentes. Houve a primeira
    chamada, inclusive eu estou vindo do CFAP onde fui visitar aqueles jovens que
    já estão lá”, lembrou Campos.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!