Logo
  • Deputado Cabo Campos lidera reunião da Comissão de Segurança Pública para tratar sobre a LOB da Polícia Militar.

    ccEm uma reunião liderada pelo deputado Cabo Campos (DEM), a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa discutiu na manhã desta terça-feira (24), pauta sobre a Lei de Organização Básica da Polícia Militar (LOB).

    As discussões se dão pelo projeto que impactará administrativamente e operacionalmente a categoria militar. Nessa realidade Campos tem demandado esforço de articulação com objetivo de preparar o cenário futuro de tramitação no legislativo, onde deverá ser novamente discutido.

    “Pela grande importância do projeto da LOB, tanto para nossos companheiros militares e sociedade, temos que manter uma ampla discussão quanto ao projeto. Não pode ser feito de maneira impositiva”, disse Campos.

    Houve apresentação expositiva realizada pelo Cb Mayson sobre a Lob, à comissão e presentes na reunião, onde foram mostrados dados e esclarecidas dúvidas.
    Ano passado o deputado Cabo Campos foi o relator da LOB do Corpo de Bombeiro Militar do Maranhão, o que propiciou benefícios à categoria, principalmente o número de promoções e a criação de novas unidades.

    A proposta do parlamentar atinge diretamente a questão que tange a ascensão profissional do soldado ao posto de coronel. Cabo Campos defende a existência da promoção até o último posto, o que dará ao soldado a partir da vigência da nova LOB, à possibilidade de galgar a carreira militar até a patente de coronel sendo que outras propostas existentes até a finalização do projeto entregue a secretaria de gestão e previdência, só havia possibilidade de ascensão até capitão.

    Campos falou da importância da audiência pública a ser realizada, como encaminhamento da reunião, para discutir a construção de uma melhor LOB para polícia militar, recusando a que está sendo veiculada como finalizada. “Vamos, sim, fazer essa audiência pública. Faremos essa audiência pública e chamaremos as associações, as praças, oficiais e o Poder Executivo para, no âmbito da Assembleia Legislativa do Maranhão, se discutir esse importante tema, pois se aqui é a casa do povo, a casa das leis, então aqui é o local para a gente fazer isso. Pensando nisso, senhor Governador, eu peço ao senhor não encaminhe essa LOB do jeito que está. Ela em nada dignifica, ela em nada altera, ela em nada melhora aquilo que nós estamos sofrendo nos quarteis. Assim creio que o Governador Flávio Dino, vai analisar essa proposta inicial, e o que é de melhor para corporação o nosso governador vai trazer para casa legislativa, acreditamos nisso”, finalizou.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!