Logo
  • Docentes de Universidades do MERCOSUL visitam a Ilha dos Lençóis, projeto desenvolvido pela UFMA

    Professores do Instituto de Energia Elétrica da Universidade Federal do Maranhão (IEE-UFMA) levaram os docentes das universidades de países integrantes do Mercosul, entre os dias 19 e 21 de julho, para conhecerem de perto o funcionamento da microrrede isolada da Ilha dos Lençóis, em Cururupu-MA. Os representantes de países como Argentina, Chile, Peru, Colômbia, além de professores da Universidade Federal do Paraná e representantes do grupo Equatorial Cemar Energia visitaram as instalações do projeto.

    O sistema de geração híbrida é formado por 242 painéis fotovoltaicos e 3 turbinas eólicas com 30 metros de altura cada uma, 2 geradores a diesel, sendo um deles funcionando como reserva, e um banco de baterias com 240 acumuladores. Esse sistema é suficiente para atender à comunidade que reside na ilha e que possui aproximadamente 400 habitantes.

    A visita técnica no sistema isolado da Ilha de Lençóis, formada por professores especialistas em redes elétricas utilizando fontes de energias renováveis e gerentes de pesquisa e desenvolvimento da CEMAR, contou com a mediação dos professores da UFMA Luiz Antônio de Souza Ribeiro e José Gomes de Matos, que apresentaram as características técnicas dos componentes do sistema e o seu modo de operação.

    Saiba +

    O projeto Lençóis foi inaugurado em 2008, por meio do programa “Luz Para Todos”, do Ministério de Minas e Energia. O uso da tecnologia das microrredes tinha o objetivo de levar energia elétrica para os locais aonde o programa não chegava, como era o caso da comunidade da Ilha de Lençóis, que, naquela época, contava com cerca de 100 famílias.

    Confira mais informações sobre este projeto, na matéria publicada pela Ascom-UFMA em outubro do ano passado.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!