Logo
  • Duas execuções em menos de 24 horas em Pinheiro

    Continua em pinheiro, a
    crescente onda de violência que assusta a população.  Duas pessoas foram executadas, em menos de 24
    horas na cidade.
    Na tarde de ontem (03)
    por volta das 17:00h, Euzimar Penha Alves de 38 anos, o “Tá comido” foi
    executado em seu local de trabalho.  Dois
    homens em uma moto Fan de cor preta usando capacete sendo que um dos assassinos
    estava de colete de moto taxi, efetuaram 6 tiros contra a vitima. Euzimar foi
    atingido por dois disparos, um no tórax e outro no pescoço e morreu no local. O
    crime aconteceu na Rua Edvaldo Moraes, no Bairro Antigo Aeroporto, os
    criminosos tomaram rumo ignorado. 
    Na noite de ontem, o
    senhor Florêncio Pereira Filho, de 41 anos, residente na Rua Orlando Leite no
    Bairro de Alcântara, teve sua moto biz de cor preta placa NNJ-3152 Pinheiro-MA roubada.
    Alem da motocicleta os ladrões levaram todos os documentos pessoais da vitima.
    Já na manhã desta
    sexta-feira (04) o mecânico, e empresário conhecido como Riba, foi executado
    quando abria as portas do seu local de trabalho. Dois elementos ainda não
    identificados  montados em uma moto,
    fizeram vários disparos contra a vitima, que não resistiu aos ferimentos e
    morreu no local.
    No último fim de semana o
    DJ Pipoca, foi assassinado a pauladas em pinheiro, o crime ainda está sem
    solução. Pinheiro, ex cidade pacata da baixada ocidental maranhense vive o
    terror da pistolagem e centenas de crimes sem  
    solução por parte das  autoridades.

    2 Comentários

    1. Pinheiro ja foi um lugar bom de se viver.

    2. Quem mexe com o produto sabe dos perigos. Um dia chega a hora!

    Deixe o seu comentário!