Logo
  • Em Bequimão-MA, medidas restritivas reduzem internações por Covid-19 no Hospital Lídia Martins

    O número de pacientes transferidos para outros hospitais também diminuiu com a execução das medidas restritivas no município

    A contenção do novo coronavírus só será possível se cada bequimãoense fizer sua parte, usado máscara e álcool em gel, evitando aglomerações e respeitando o distanciamento social. São com essas medidas restritivas impostas pelos Decretos Municipais em Bequimão, que os primeiros resultados positivos começam a aparecer, graças a colaboração de cada um. É necessário a manutenção das medidas restritivas antes e depois da vacinação contra a Covid-19.

    De acordo com o último Boletim Epidemiológico atualizado e divulgado nesta segunda-feira (3) pela Secretaria Municipal de Saúde de Bequimão, a queda no número de internados e transferidos mostra os efeitos positivos das medidas restritivas impostas pelos Decretos Municipais assinados pelo prefeito João Martins, com um único objetivo: evitar a proliferação da Covid-19 no município, principalmente nesta segunda onda, que trouxe nova cepa e mais perigosa.

    Segundo o Boletim Epidemiológico, atualmente são apenas 2 pacientes transferidos para outros hospitais de Alta Complexidade. Já o hospital municipal Lídia Martins, encontra-se sem internados com Covid-19 ou suspeitos da doença. São 57 casos ativos (pacientes em isolamento para recuperação) e 62 pessoas com  suspeita da Covid-19 em acompanhamento da equipe de saúde do município.

    Dos 691 casos confirmados, 614 já estão curados, 57 estão ativos e infelizmente 20 bequimãoenses perderam a vida para essa doença letal.

    Do G7 MA

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!