Logo
  • Idoso de 76 anos padece por quase três horas por falta de ambulância em Santa Helena.

    O
    idoso só foi removido para cidade de Pinheiro, depois que o município de Turilândia
    cedeu uma ambulância.  
    Inconformada com o
    desrespeito da administração municipal de Santa Helena com a população, mulher
    mostra sua indignação com o tratamento dado aos pacientes que buscam
    atendimento no hospital da cidade. 
    A senhora Cleudenice,
    moradora de Santa Helena, indignada com a falta de estrutura e tratamento
    recebido ao procurar a unidade de saúde da cidade, procurou o canal de
    televisão local, e denunciou mais uma mazela da administração do prefeito
    Lobato.
    A moradora afirmou que
    procurou hospital da cidade, após um acidente caseiro, o seu sogro, um idoso de
    76 anos que ao tentar desarmar uma espingarda (arma de fabricação artesanal) se
    acidentou tendo ferimentos na mão.
    A mulher afirmou que sem estrutura no hospital, o idoso foi encaminhado para cidade de Pinheiro, e foi
    colocado numa ambulância caindo aos pedaços, que não consegui sair do lugar,
    deixando o homem por quase três horas no interior do veiculo perdendo sangue até
    pedirem arrego para o vizinho município de Turilândia, que se compadeceu da situação
    do idoso e cedeu uma ambulância para fazer o transporte do homem até a cidade
    de Pinheiro. 
    “Peço que o prefeito crie
    vergonha na cara, já que o hospital de Santa Helena não tem médico e a mínima
    estrutura para atender os pacientes, que pelo menos coloque uma ambulância que
    preste, para transportar os pacientes para pinheiro”
    desabafou Cleudenice.

    Veja o vídeo.  

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!