Logo
  • Legislativo pinheirense não terá nenhuma vereadora nos próximos 4 anos.

    camaraAs políticas públicas voltadas para as mulheres ou qualquer assunto ligado ao gênero, terão que passar exclusivamente pelo crivo masculino no legislativo de Pinheiro. A participação feminina regrediu e para o mandato que se inicia em 2017, nenhuma mulher foi eleita. Seguindo o cenário nacional e contrariando as expectativas de ampliação da bancada feminina, as mulheres não terão representação na Câmara Municipal da cidade.

    As postulantes que chegaram a ficar entre os eleitos nos momentos finais de apuração foram Concita de Luís Pajé – PV (atual vereadora), Layanna Ferreira (PMDB), Fabricia do sindicato (PCdoB) e Selma da Colônia–PP (atual vereadora). Mas, acabaram perdendo as vagas, de acordo com análise do coeficiente eleitoral.

    A atual vereador, Concita de Luís Pajé (PV), não conseguiu renovar o mandato, acumulando apenas 779 votos. A vereadora Selma da Colônia, com apenas 579 votos também não consegui seu retorno ao legislativo pinherense, mas ainda aguarda a validação dos votos do Solidariedade, partido de sua coligação. Caso a decisão seja favorável ao SDD, Selma garantirá uma vaga e será a única mulher no legislativo local.

    Abaixo os marmanjos eleitos.

    v1v2

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!