Logo
  • Maranhenses vivem em estado de insegurança, diz deputado do PCdoB

    Othelino Neto disse que o governo não
    tem capacidade de cuidar das suas penitenciárias
    O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) voltou a
    cobrar, na sessão desta quinta-feira (18), o governo Roseana Sarney pelo estado
    de insegurança em que vivem os maranhenses com mais uma crise no Sistema
    Penitenciário. “O governo não consegue cuidar da Segurança Pública. As pessoas
    estão, a cada dia, mais amedrontadas  e se trancando em casa, enquanto os
    bandidos estão soltos nas ruas”, disse.
    Segundo Othelino, o governo do Maranhão não
    consegue prender os bandidos, conter a violência que só aumenta, em especial na
    Ilha de São Luís, e não tem capacidade de cuidar das suas penitenciárias. “A
    governadora não se sensibiliza. A exposição nacional também não adianta. Todos
    os telejornais mostraram aquela cena patética dos bandidos subindo o muro na
    frente da polícia. Roseana é incapaz, sequer, de tentar tirar o Maranhão da
    crise. Ela não aponta uma solução. Assiste a tudo num silêncio sepulcral”,
    frisou.
    O deputado disse que foi triste para o Maranhão a
    tentativa de fuga, ao vivo, exibida pela Globo News, enquanto o repórter da
    Globo informava sobre o clima de tensão em Pedrinhas. “De repente, dois
    bandidos começaram a subir o muro e sair da penitenciária que é de segurança
    máxima. Olhem o que o governo Roseana Sarney está fazendo com o Maranhão”,
    comentou.
    Bandidos nas ruas
    Othelino disse que são diversos bandidos que
    estavam presos e agora estão nas ruas, somados aos outros que já aterrorizam a
    vida e tiram a tranquilidade dos maranhenses, enquanto o governo do Maranhão
    assiste apático ao que está acontecendo.
    “O servidor que foi preso por suspeita de negociar
    a saída de presos pela porta da frente teve nomeação política. Ali, claro que
    era para ter um funcionário de carreira, numa função daquelas, mas não, ele
    teve nomeação política e lá foi pego pela Polícia Civil, vendendo a saída de
    presos. É um governo que não tem o menor controle, a menor responsabilidade com
    o Sistema de Segurança Pública do Maranhão”, disse Othelino.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!