Logo
  • Othelino critica artigo de Sarney que fala sobre “mudanças” no Maranhão

    O deputado
    Othelino Neto criticou o fato do grupo Sarney ainda ter coragem de falar que a
    Refinaria da Petrobras é uma conquista do Maranhão
    O deputado estadual Othelino Neto
    (PCdoB) criticou, na sessão desta segunda-feira (24), artigo do senador José
    Sarney, publicado no jornal O Estado do Maranhão, sob o título “Está
    acontecendo uma grande mudança no nosso Estado”. Segundo ele, o ex-presidente
    do Senado parece ter escrito sobre outro Estado ou um Maranhão que, certamente,
    ainda vai chegar a ser real, mas que, infelizmente, não é aquele que se
    conhece.
    Othelino disse que a transformação
    que, infelizmente, ocorreu foi o empobrecimento do Maranhão nos últimos 50
    anos. Segundo o deputado, o Estado com grande potencial, que poderia ser um dos
    grandes destaques da Nação, passou a ficar cada vez mais pobre no decorrer dos
    anos, não só no aspecto econômico, mas também no que diz respeito aos
    indicadores sociais, à distribuição de renda, à educação, etc.
    “Enfim, o Estado passou a liderar os
    mais diversos indicadores negativos. Certamente, não é essa a transformação a
    que o senador Sarney se refere. Mas no título, ele tem razão, pena que ele fala
    de um Estado que não é real. Não sei se está vendo demais a propaganda do
    governo da filha ou se está prestando pouca atenção no que está acontecendo”,
    frisou Othelino.
    Durante o pronunciamento, Othelino
    elencou uma série de potencialidades do Maranhão, apontadas por Sarney como
    conquistas do grupo, mas que na realidade são riquezas próprias do
    Estado.  Ele citou, por exemplo, o Porto do Itaqui e disse que ele não foi
    uma obra do governo Roseana e que a privilegiada localização geográfica é uma
    vantagem natural que faz dele um ponto estratégico.
    “Sarney fala do gás no Maranhão como
    se também fosse uma realização da governadora Roseana. Aliás, cita também
    investimentos de termoelétricas. Fala do potencial do Sul do Maranhão, tudo
    isso como conquistas, supostamente, do grupo que comanda”, criticou Othelino.
    Abordagens de Sarney
    Othelino critica ainda a abordagem
    que Sarney faz sobre a Refinaria da Petrobrás, prometida na eleição passada e
    nunca implantada no Estado, tentando passar a ideia de que “ela seria favas
    contadas”. Segundo o deputado, o senador se refere ao “embuste eleitoral que
    serviu para enganar os maranhenses, que foi bandeira de campanha da governadora
    Roseana e que não saiu da terraplanagem”.
    O deputado do PCdoB critica ainda
    trecho do artigo de Sarney que fala que o Maranhão inteiro está ligado por
    estradas asfaltadas. Para Othelino, o Estado ainda está muito longe disso e,
    ainda assim, muitas MA’s recém-construídas já estão esburacadas.

    Por último, Othelino criticou ainda a
    referência feita por Sarney ao Programa de Combate à Pobreza. Segundo o
    deputado, o maior legado é o famigerado Instituto Vera Macieira, que recebeu
    alguns milhões de reais do governo Roseana; não tem sede e nem realizou as
    obras previstas em convênios assinados para garantir “qualidade de vida”. “O
    caso está no Ministério Público e estamos esperando atuação”, disse.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!