Logo
  • Ouvidoria do TJMA realizará audiência pública em Pinheiro

    A
    audiência pública alcançará a população de 19 comarcas do Estado
    Com o
    objetivo de promover maior aproximação entre o Poder Judiciário e a sociedade,
    a Ouvidoria do Poder Judiciário do Maranhão promove no dia 21 de maio
    (quinta-feira), em Pinheiro (a 341 Km de São Luís), a segunda audiência pública
    de 2015. A audiência ocorrerá a partir das 19h, no Salão Paroquial da Imaculada
    Conceição (Rua Joaquim Távora, s/n, Centro).
    Durante o
    evento – que será coordenado pelo ouvidor-geral do Poder Judiciário,
    desembargador Paulo Velten – os participantes poderão apresentar sugestões,
    pedidos de informação e reclamações da comunidade, que serão repassadas aos
    setores competentes do Poder Judiciário.
    As
    manifestações recebidas visam contribuir com o aperfeiçoamento dos serviços
    judiciais e cartorários prestados nas Comarcas de Bacuri, Bequimão, Cândido
    Mendes, Carutapera, Cedral, Cururupu, Governador Nunes Freire, Guimarães,
    Maracaçumé, Matinha, Mirinzal, Penalva, Pinheiro, Santa Helena, São Bento, São
    João Batista, São Vicente Ferrer, Turiaçu e Viana, integrantes do polo de
    Pinheiro.
    Para o
    desembargador Paulo Vélten Pereira, a Ouvidoria está se consolidando como um
    canal de comunicação direto entre o cidadão e a Justiça estadual, orientando e
    fornecendo informações acerca dos serviços prestados pelas unidades do Poder
    Judiciário. “A Ouvidoria é um canal de aproximação entre comunidade e
    Judiciário, o que é concretizado também por meio de audiências públicas”,
    explica.
    No dia 12
    de março, a Ouvidoria do TJMA realizou a primeira audiência pública de 2015, na
    comarca de Chapadinha, reunindo mais de 200 moradores das comarcas de Araioses,
    Brejo, Buriti, Magalhães de Almeida, Santa Quitéria, São Bernardo, Tutóia e
    Urbano Santos.
    Também
    estão previstas para este ano, audiências públicas nos polos de São João dos
    Patos, Imperatriz e São Luís.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!