Logo
  • Pai de candidato a prefeito de Pinheiro encabeça lista de fichas sujas envida a Justiça Eleitoral.

    Luciano Genésio ao lado do pai, ex-prefeito cassado, ficha suja Zé Genésio.

    Luciano Genésio ao lado do pai, ex-prefeito cassado, ficha suja Zé Genésio.

    Em cumprimento às determinações da Lei Federal nº 9.504/97, que estabelece normas para as eleições; e da Lei Complementar nº 64/90, que estabelece casos de inelegibilidade, já com as alterações da Lei da Ficha Limpa (LC nº 135/2010), o Tribunal de Contas do Estado do Maranhão encaminhou à Justiça Eleitoral a lista de todos os gestores públicos que tiveram contas julgadas irregulares pela Corte ou desaprovadas nos últimos oito anos, por decisão transitada em julgado (irrecorrível).

    A lista entregue à Justiça Eleitoral contém 3239 processos e 1319 gestores, incluindo-se prefeitos, presidentes de câmaras, secretários municipais e estaduais e demais ordenadores de despesas.

    Embora não caiba ao Tribunal de Contas, e sim à Justiça Eleitoral, decidir acerca da inelegibilidade de gestores públicos, a lista elaborada pelo TCE/MA servirá como subsídio para as impugnações de candidaturas dos responsáveis que tiveram suas contas julgadas irregulares. Veja aqui lista completa

    Na lista encaminha a Justiça eleitoral pelo TCE-MA, conta o nome do ex-prefeito da cidade de Pinheiro, José Genésio Mendes Soares, pai do candidato a prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio.Ze Irregular

    Genésio é responsável pela pior administração que já teve a cidade de Pinheiro, e quando foi cassado, o funcionalismo público estava com 8 meses de salários atrasados.

    Em 2016, José Genésio Mendes Soares, foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) a repor aos cofres do município a quantia de R$ 14 milhões. A decisão o TCE, rejeitou as contas apresentadas por José Genésio relativas a 1º de janeiro a 08 de agosto de 2000, último período em que esteve à frente da prefeitura do município antes de ser afastado por improbidade administrativa (reveja aqui).

    Luciano Genésio que segue os passos e conselhos do pai, registrou candidatura na tarde desta segunda-feira, 16, para concorre o cargo de prefeito da cidade. Cargo já exercido pelo pai, que agora orienta o filho na condição de sua candidatura.

    No último dia, 05, por orientação do pai, o candidato Luciano Genésio, quebrou um acordo firmado com governo do estado (reveja aqui).

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!