Logo
  • Pinheiro: Carnaval, crise e política

    Do Robert Lobato

    Carna PinheiroO grande mérito do carnaval é que nos poucos dias em que o rei Momo se torna o dono das cidades, o povo esquece a dura realidade da vida com suas mazelas e crises.

    Contudo, mesmo com inebriante alegria do carnaval, algumas coisas não passam despercebidas pelo observador mais atento, aquele que consegue ver para além das alegorias e adereços da folia.

    Em Pinheiro, por exemplo, a administração municipal deu provas de que é possível compatibilizar os ritmos das bandas, pandeiros e tamborins com a austeridade necessária para não comprometer as finanças do município. O resultado, portanto, foi um carnaval com uma programação pra lá de diversificada onde os foliões nativos e de outras localidades puderam brincar com muita animação e o que é melhor: com segurança.

    Uma multidão tomou conta dos circuítos espalhados por vários pontos da cidade. Isso significa que enquanto mais gente, mais intenso é o aquecimento da economia local: hotéis, restaurantes, pousadas, kitnetes e os ambulantes que têm oportunidade de vender “de um tudo”, como se diz por lá.

    O fato é que a cidade de Pinheiro mostrou porque ainda é um dos destinos favoritos de milhares de foliões quando o assunto é carnaval na Baixada Maranhense.

    Nesse sentido, é bobagem quem tenta politizar o carnaval. O povo não “pula” pensando em político ou eleição. O povo quer é alegria, programação de qualidade, segurança e inovação. E isso as pessoas que foram a Pinheiro encontraram de sobra (o banho de espuma de sabão foi sucesso total). Aliás, até setores da oposição local elogiaram a organização do carnaval pinheirense.

    Banho de sabão agradou crianças, jovens e adultos.

    Banho de sabão agradou crianças, jovens e adultos.

    Como bem avaliou o prefeito Filuca Mendes: “Não houve praticamente nenhuma propaganda, não fizemos nada para divulgar o nosso Carnaval. Isso tudo é fruto da credibilidade que as pessoas têm com a cidade, na segurança e em poder se divertir com muita alegria e paz. Conseguimos superar as dificuldades e proporcionar muita alegria para a população de Pinheiro e de todos que vieram curtir a nossa festa”.

    O fato é que a Prefeitura de Pinheiro e toda a equipe do prefeito Filuca, incluindo o vice-prefeito César Soares, estão de parabéns pelo carnaval de 2016.

    Ah! Sem esquecer de mais um estrondoso sucesso do tradicional Bloco da Patifas, que é o ápice do carnaval pinheirense e tem o deputado Victor Mendes como um dos organizadores e patrocinadores.

    Bloco das patifas, levou mais de 15 mil pessoas as ruas de Pinheiro

    Bloco das patifas, levou mais de 15 mil pessoas as ruas de Pinheiro

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!