Logo
  • Pinheiro em festa: curso de Medicina já é realidade

    “O significado dessa obra só devemos
    perceber com o passar do tempo. Trata-se da abertura de novos caminhos para a
    nossa juventude e da possibilidade de acesso ao conhecimento, a uma educação
    qualificada, pois o projeto pedagógico que a UFMA traz para Pinheiro é uma
    referência dos novos cursos de Medicina que estão sendo criados”.
    “Um sonho que se sonha sozinho é apenas isso: um sonho!
    Quando sonhado por muitos, vira
    realidade”. Com estas palavras, o prefeito Filuca Mendes saudou a comitiva da
    Universidade Federal do Maranhão – UFMA e as pessoas presentes ao Centro de
    Cultura José Sarney, da cidade de Pinheiro, na manhã da última sexta-feira, 04
    de abril.
    Reunidos
    no Centro de Cultura, mais de 300 pessoas, entre autoridades e populares,
    ouviram o prefeito num dos pontos altos da durante a Solenidade comemorativa da
    Instalação do Curso de Medicina de Pinheiro, organizada pela prefeitura e UFMA.
    Compuseram
    a mesa da solenidade, os deputados Victor Mendes e Max Barros, este último representando
    a Assembleia Legislativa; o reitor Natalino Salgado, a coordenadora do curso de
    Medicina, MichelineMesquita e o professor Rickley Marques, representando a
    UFMA; a presidente da Câmara Municipal, vereadora Conceição de Maria, além do
    prefeito Filuca e do bispo de Pinheiro, Dom Elio Rama e do coronel Ramos,
    representando a Polícia Militar.
    A
    solenidade foi aberta com uma bênção especial proferida pelo Padre João Mancini,
    seguida da interpretação do Hino Nacional pelo artista local, Doégnes Soares,
    que também interpretou o Hino de Pinheiro. Na ocasião, foram entregues cerificados
    de honra ao mérito aos acadêmicos, às comissões Geral e Local de Avaliação do
    Curso e professores da UFMA.
    Nova realidade – De acordo com o prefeito Filuca, “o
    curso de Medicina marca uma nova era para Pinheiro, ao garantir oportunidade de
    educação qualificada aos jovens da Baixada”.
    “Em
    breve, uma nova geração de médicos formados pela UFMA aqui em Pinheiro, vai nos
    ajudar a melhorar a saúde da Baixada e a nossa rede municipal, contribuindo
    para o desenvolvimento desta região, tão carente de oportunidades”, afirmou
    Filuca Mendes.“A chegada do curso de Medicina representa a
    quebra de paradigmas. Uma das regiões mais pobres do estado ganha uma indústria
    de produção do saber e do conhecimento, as principais ferramentas para a
    transformação e o desenvolvimento”, acrescentou. 

    para o reitor da UFMA, Natalino Salgado, que é médico e natural de Cururupu, a
    instalação do curso de Medicina consolida a presença da UFMA na região, sendo o
    início de um futuro promissor para a região. “Outros cursos da área da saúde,
    como enfermagem, por exemplo, serão ainda implantados neste Campus. Estamos
    fortalecendo a educação, mola propulsora para o desenvolvimento do estado;
    vamos ter aqui no Campus de Pinheiro, professores, médicos e alunos com mais
    consciência crítica e isso vai estimular e induzir a formulação de políticas
    publicas que serão implementadas para mudar a vida das pessoas”, assegurou
    Salgado.

    Homenagens – A solenidade foi palco para
    homenagens à aluna Rebeca Aranha Barbosa Sousa, primeira
    colocada da turma, com 779,82 pontos; ao professor Rickley Leandro Marques,
    diretor do Campus de Pinheiro, representando a Comissão Geral de Avaliação, e ao
    secretário Municipal de Saúde, Fábio Silva Nascimento, representando da
    Comissão Local.
    Compromisso
    – Parabenizando o município de Pinheiro, o deputado Max Barros falou sobre as
    transformações que o curso pode ajudar a desencadear, ressaltando o esforço do
    prefeito Filuca e do deputado Victor Mendes nessa conquista. Segundo ele,
    trata-se de uma demonstração do “amor” de ambos por Pinheiro e ‘de compromisso
    com os pinheirenses’.
    Saudando alunos do Colégio Pinheirense presentes à
    solenidade, Victor Mendes dirigiu-se aos acadêmicos de Medicina destacando o pioneirismo
    e a conquista de seus sonhos. “São vencedores, que terão um papel importante na
    melhoria da nossa cidade e servirão de exemplo para que os jovens da Baixada lutem
    pelos seus sonhos e possam integrar as próximas turmas do curso em maior número”,
    disse.
    Victor Mendes destacou, ainda, o apoio do senador
    José Sarney e do reitor Natalino Salgado, que ‘abraçaram a ideia’ e foram fundamentais
    para o “sonho fosse concretizado”, enfatizando o horizonte de ‘inclusão social
    aberto para a juventude da Baixada, por meio do conhecimento’.
    “O significado dessa obra só devemos perceber com o
    passar do tempo. Trata-se da abertura de novos caminhos para a nossa juventude
    e da possibilidade de acesso ao conhecimento, a uma educação qualificada, pois
    o projeto pedagógico que a UFMA traz para Pinheiro é uma referência dos novos
    cursos de Medicina que estão sendo criados”.
    Victor Mendes destacou também a abertura de novos
    cursos no futuro, dentre os quais Enfermagem e Fisioterapia, o que contribui
    para tornar Pinheiro um polo educacional na Baixada. Segundo ele, as
    consequências desse investimento ‘serão importantes para o desenvolvimento de Pinheiro
    e da região’.

    Fotos: Wayne Pinheirinho (Ascom- Pinheiro).

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!