Logo
  • Pinheiro: pesquisas forjadas é desespero dos adversários, garante Filuca Mendes.

    pesquisa-falsaEm flagrante desrespeito à Justiça e a decisão da juíza Lavínia Helena Macedo Coelho, titular da 106ª Zona Eleitoral de Pinheiro, o candidato a prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio – PP, divulgou pesquisa embargada pela Justiça em seu programa eleitoral desta segunda-feira, dia 26. O pedido de embrago atendeu a uma solicitação da coligação Pinheiro de Todos Nós, encabeçada por Leonardo Sá (PCdoB) Veja Aqui.

    Curiosamente a pesquisa foi contrata pela Jakarta Publicidade, do empresário paulista Janderson Landim, ligado à campanha de Genésio Filho, processado por estelionato e conhecido no Maranhão por golpes em “consultas de vistas” gratuitas.

    A suposta pesquisa continha questionamento cristalino para “inflar” o candidato Luciano Genésio. “E se o Dr. Leonardo Sá não for candidato e o quadro de candidaturas for o seguinte, em quem o (a) senhor(a) votaria?”, indaga a levantamento, excluindo o candidato do governador Flávio Dino, o comunista Sá.

    Outro dado que chama atenção é que a divulgação acontece após a carreata realizada sábado último, 24, pelo candidato da coligação “Pelo Bem de Pinheiro”, Filuca Mendes.

    “Há dias estamos alertando os pinheirenses para essa estratégia da divulgação de pesquisas forjadas e de fatos dúbios para confundir o eleitor nessa reta final, explicou Filuca Mendes, que avalia tratar-se de “desespero” dos adversários. “Pinheiro assistiu, no último sábado, a maior carreata já realizada na história política da nossa cidade; mais de 20 quilômetros de carreata, que sinalizam a confiança do povo de Pinheiro na nossa vitória no dia 2 de outubro e a certeza de que o trabalho que estamos fazendo, vai continuar”, explicou o peemedebista.

    “Nosso time está mobilizado e preparado para esses ataques e para a avalanche de boatos comuns na guerra eleitoral”, explicou o candidato, que participou de um encontro com a juventude de Pinheiro, na noite desta segunda. “No dia 28 anunciaremos a nossa pesquisa, contratada junto à Escutec, cujos procedimentos de registro estão em curso no Tribunal Regional Eleitoral”, adiantou Filuca Mendes.

    Sobre o caso, agora no início da noite, a juíza Lavínia Helena Macedo Coelho concedeu medida liminar suspendendo a veiculação da propaganda eleitoral do candidato, como medida corretiva. De acordo com o advogado da Coligação Pelo Bem de Pinheiro, Diego Moura, a liminar limita a veiculação por um lado, mas não evita, por exemplo, nas redes sociais e carros de som utilizados também como mecanismo dessa divulgação. “Vamos buscar a reparação devida e as medidas corretivas para cada um desses casos”, garantiu o advogado.

    horario

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!