Logo
  • Pinheiro: Policia elucida assassinato de Valdomiro Magno…

                Momento da chegada de Patrick na delegacia regional
    de Pinheiro
    A policia enfim deu resposta imediata e
    atendeu ao clamor da população pinheirense que exigia a elucidação da morte do
    produtor cultural e ex. vereador Valdomiro magno.

    Depois de 3 dias de investigações intensas
    comandadas pelo delegado Regional Balbe e pelos delegados Batalha, o Coronel
    Ramos e principalmente pelo delegado Shaulim que se interessou desde o primeiro
    momento, finalmente a policia chegou aos suspeitos.
          Patrick já preso na capital 

    Numa operação simultânea
    na capital e no interior do estado, o serviço de inteligência da Policia Civil,
    prendeu na noite de ontem terça-feira (06), dois suspeitos de ter cometido o
    assassinato do o ex-vereador e produtor Cultural, Valdomiro Magno na madrugado
    o ultimo domingo (04) reveja (Aqui).

    Depois de receber denuncia
    anônima, o delegado regional Dr. Claudio Balbi se deslocou até a capital do
    estado onde foi capturado Patrick Anderson Rodrigues de 20 anos. O delegado Batalha
    deu continuidade a  operação na cidade de
    Pinheiro prendendo  o menor C.M.C de 16
    anos.
    Com Patrick principal
    suspeito preso na capital, a policia encontrou o celular da vítima. O menor
    preso na cidade de pinheiro estava de posse do notebook do ex-vereador
    assassinado.
    De acordo com informações
    da policia o menor teria contado detalhes do crime, e local onde teriam jogado
    a faca usada para assassinar a vitima.
    Ambos os suspeitos tem um
    grau de parentesco e são residentes do Bairro da matriz em Pinheiro. De acordo
    com o delegado Shaolin que participou das investigações, o crime acontecido no
    ultimo dia 04, que vitimou o ex-vereador e produtor cultura Valdomiro Magno,
    foi elucidado.

    Na manhã desta
    quarta-feira (07) Patrick foi transferido e chegou por volta das 7:00h da manhã
    na delegacia regional de pinheiro. Os suspeitos estão à disposição da justiça.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!