Logo
  • Piscicultores de Itans recebem caminhão refrigerado para transporte de produção

    A Associação dos Produtores e
    Produtoras Rurais da Piscicultura e Pesca Artesanal do Povoado Itans e
    Circunvizinhos (APPI), do município de Matinha – a 220 km de São Luís –
    recebeu, da Fundação Banco do Brasil, um caminhão frigorífico para transporte
    da produção local, com capacidade de suportar até cinco toneladas de pescado. A
    entrega, que foi motivo de festa para a comunidade, foi feita em evento
    realizado no dia 15 (sábado).
    Os gerentes das regionais do SEBRAE
    de Santa Inês e Pinheiro, juntamente com o gerente de operações da instituição
    Mauro Borralho, acompanharam a solenidade, que teve início com uma carreata no
    povoado e a entrega das chaves do veículo. O Sebrae apoia o desenvolvimento do
    projeto, que é considerado modelo na produção de peixe em cativeiro no
    Maranhão, desde que ele foi instalado em 2009.
    A Solenidade contou com a
    participação de instituições parceiras como SEBRAE, Agerp, Senar, Associação
    Comercial, Prefeitura Municipal de Matinha e do Banco do Brasil. Estiveram
    presentes também o prefeito de Matinha, Márcio Robert e gestores de vários
    municípios como Viana (Chico Gomes), São José de Ribamar (Gil Cutrim) e de
    Turilândia (Alberto Filho).
    Segundo o presidente da Associação de
    Itans, Eliseu Gomes, a produção deste ano deve ser em torno de 1,2 milhão
    toneladas, o que representa um aumento de quase 30% em relação ao ano passado,
    que foi de 960 toneladas. Atualmente, 37 produtores estão cadastrados na
    associação e mais 82 famílias agregadas são beneficiadas pela atividade no
    povoado. O produto é vendido em supermercados de São Luís, Imperatriz, Teresina
    (PI), Pinheiro e em pequenos mercados de outros municípios vizinhos.
    Gomes ressaltou que a falta de um
    transporte adequado era uma barreira para a ampliação do negócio.
    “Semanalmente, cerca de 15 mil quilos de peixe sai de Itans. A qualidade do
    produto era uma preocupação por conta do transporte precário e agora temos
    certeza que, nas feiras e supermercados, vai chegar um pescado em ótimas
    condições para o consumo”, declarou. “A chegada do caminhão é um grande avanço
    e também um incentivo para todos nós”, concluiu.
    Representando a diretoria do SEBRAE
    MA, Borralho disse que o projeto dos piscicultores de Itans se destaca
    sobre pelo nível organizacional, pela união de esforços entre os
    associados. “O SEBRAE tem procurado estar próximo aos municípios, atendendo
    demandas como a piscicultura de Itans, que após uma vasta programação de
    capacitações, virou exemplo para outros municípios, com resultados
    satisfatórios na geração de renda e o aquecimento da economia da região,
    melhorando a vida das famílias locais”, declarou.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!