Logo
  • PM de Pinheiro prendeu acusado de ter matado o candidato a Vereador Lambada em 2008 em Pres. Sarney.

    Waldemir Corrêa Gomes de 28 anos foi preso pela policia
    Militar de Pinheiro no ultimo dia (03) quarta – feira ele é acusado de ter
    matado em 2008 o candidato a Vereador, José Raimundo Pereira mais conhecido
    como Lambada no Município de Pres. Sarney. Segundo amigos de Lambada, ele era
    corajoso e fazia graves denuncias contra políticos do município e ao atual
    gestor da época. Lambada foi morto quando voltava de um povoado próximo a
    Cidade de Presidente Sarney. Dois elementos armados abordaram Lambada e sua
    esposa que estavam em uma motocicleta, os assasinos mandaram que eles descessem
    da moto e que Lambada deitasse em uma barreira e ficasse de costas para os
    assassinos,  Lambada foi executado  a queima roupa na frente da esposa.
    Waldemir foi preso quando tentava voltar para Porto Velho,
    onde vivia desde o crime em 2008. O cabo Sarará que fazia parte do destacamento
    Policial do Município de Pres. Sarney foi quem prendeu o acusado depois de
    receber uma denuncia anônima, de que ele estava dentro de uma Van que já estava
    de saída  da cidade  Pinheiro rumo a capital, São Luis. 
    Preso, Waldemir foi levado para o Quartel da PM onde
    pesquisando; constataram que havia um pedido de prisão preventiva contra ele no
    Fórum de Pinheiro. O acusado estar preso na Delegacia Regional e ficará à
    disposição da justiça. Waldemir foi preso em 2009 acusado de ter cometido outro
    assassinato em Presidente Sarney, mas, logo depois foi solto.  Na entrevista ao sistema Pericumã , ele negou
    que teria matado Lambada.
    A policia trabalha com a hipótese de uma crise de ciúmes ter
    levado Waldemir a tirar a vida de Lambada, já que a vitima morava com a sua
    ex-companheira.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!