Logo
  • Policia Civil elucidou latrocínio que vitimou irmão do presidente da Câmara de São Bento.

    Lenilson Pinheiro Souza (vulgo Pitoca) e Warlliton Pinheiro Moraes (vulgo Pico).

    De acordo com o Dr. Adriano, delegado da Policia Civil da cidade de São Bento, o latrocínio ocorrido na cidade no dia 04|11|2016 que vitimou  Iratan Rodrigues Trinta de 54 anos, irmão do presidente da Câmara de vereadores da cidade, Iraney Trinta (PSB), foi elucidado.

    Durante a operação policial foram presos dois dos envolvidos, que já foram indiciados, e terceiro continua foragido. De acordo com o delegado, os  autores do crime foram  Lenilson Pinheiro Souza (vulgo Pitoca) e Carlos Augusto Birino (vulgo Neném) com a  participação de um terceiro Warlliton Pinheiro Moraes (vulgo pico).

    Augusto Birino (vulgo Neném) está foragido

    Sobre o crime, o delegado da cidade de São Bento, Dr. Adriano, disse que  Neném convidou  Pitoca para irem à residência da vítima , pois já tinha visto uma fotografia de arma de fogo no notebook do mesmo, e  pediram auxílio ao Pico que os conduziu em sua motocicleta honda fan 125. Chegando ao local, constataram que a vitima não tinha arma de fogo dai passaram asfixia-lo.

    Pitoca e Neném foram indiciados por crime de latrocínio (art 157, Parágrafo terceiro, CP) Já o Pico por participação em latrocínio. Seguem presos preventivamente Pico e Pitoca, Neném está foragido.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!