Logo
  • Prefeitura de Cajapió intensifica combate ao mosquito transmissor da dengue.

    A população de Cajapió esta recebendo a visita dos enfermeiros da Estratégia Saúde da Família (ESF) e dos Agentes Comunitários de Saúde.

    Além de fazer vistorias nas casas, terrenos baldios e em obras inacabadas, com coleta de material para análise, os agentes orientam sobre as formas de prevenção e combate aos focos do mosquito transmissor da dengue, o aedes aegypti.

    A ação de conscientização já aconteceu em alguns bairros e terá continuidade até que todo o município tenha sido vistoriado.

    A cada ano o mosquito Aedes Aegypti tem se tornado mais resistente e, inclusive, tem sofrido importantes mutações que dificultam ainda mais seu controle. Portanto, é importante que o cidadão fique atento a algumas características do mosquito.

    Segundo o Ministério da Saúde, há relato de que um único mosquito da dengue infectivo tenha transmitido dengue para cinco pessoas de uma mesma família, no mesmo dia.

    O Aedes Agypti também tem grande resistência e pode se manter vivo por mais de um ano sem água. Os ovos do mosquito também podem se desenvolver em água suja e parada. Hoje se discute até se as fêmeas do Aedes têm realmente a preferência pela água limpa. Então para combater a dengue, o importante é acabar com qualquer reservatório de água parada, seja limpa ou suja.

    A ação aconteceu no bairro São Sebastião e no Centro e seguirá até que todo o município seja vistoriado, como explica a Coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Wend Jessica Souza.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!