Logo
  • Preservação da Baixada Maranhense será discutida em Audiência Pública

    O deputado Jota Pinto (PEN) ocupou a tribuna nesta
    terça-feira (09) para informar que a Assembleia Legislativa aprovou um
    requerimento de sua autoria, pedindo a realização de uma audiência pública com
    a Comissão de Meio Ambiente da Casa, com o objetivo de discutir a preservação
    da Baixada Maranhense e o problema das cercas elétricas que tomam conta dos
    campos.
    O parlamentar informou que percorreu
    a Baixada Maranhense e viu que praticamente quase todos os campos da região
    tomados pelas cercas, principalmente as eletrificadas que põe em risco a vida
    da população. “Temos os campos mais belos do Brasil. Mas, lamentamos que a
    maioria desses campos estão praticamente cercados e até hoje ninguém tomou
    providência”, afirmou.
    Serão convidados para a audiência
    pública representantes da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), da
    Promotoria de Justiça do Meio Ambiente, do Ministério Público Federal do
    Maranhão (MPF/MA), da Agência Reguladora Agropecuária do Maranhão, do Instituto
    Chico Mendes, da Delegacia Patrimônio da União (DPU) e do Instituto Brasileiro
    do Meio Ambiente (Ibama).
    Para Jota Pinto, os campos da Baixada
    não têm dono, pois pertencem à União e ao Estado. Segundo ele, o cidadão
    baixadeiro vive reclamando da ocupação dos campos e pedindo providências.
    “Vamos apresentar um projeto de preservação dos campos da Baixada Maranhense na
    Assembleia Legislativa”, adiantou.
    Na avaliação de Jota Pinto, depois de
    aprovado pela Assembleia e sancionado pela governadora Roseana Sarney, seu
    projeto tornará possível cobrar das autoridades competentes as devidas
    providências para garantir o direito dos baixadeiros, que querem apenas ir e
    vir e pescar nos campos da Baixada Maranhense, sem correrem o risco morrerem
    eletrocultados nas cercas.

     Por  

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!