Logo
  • PT: José Antônio Heluy registra candidatura a vice-governador pelo PT

    O registro de
    candidatura a vice-governador do Maranhão do ex-secretário do Trabalho, José
    Antônio, ocorrida ontem, 18, na sede do Partido dos Trabalhadores, põe fim às
    especulações sobre disputas no PT e consolida o cenário para as eleições de
    outubro.
    José Antônio Heluy, acompanhado de diversas
    lideranças do partido foi o único a registrar devidamente sua candidatura. Não
    houve inscrição para o cargo de senador ou suplente.
    Regras
    Para a inscrição de candidatura, conforme regra
    estatutária, eram necessárias assinaturas de no mínimo 10% dos filiados com
    base no número de votantes no último Processo de Eleições Diretas – PED. Como
    votaram 5.701 filiados no PED seriam, portanto, recolher 571 assinaturas
    petistas.
    Zé Antônio Heluy reuniu mais de 1.313 assinaturas
    de filiados de todas as regiões do Estado.

    Outras
    candidaturas
    O ex-secretário de Estado de Articulação
    Institucional, Rodrigo Comerciário, chegou a enviar, através de
    emissários, o podido de inscrição a vice-governador, mas sua inscrição tende a
    ser indeferida pela executiva do estadual do PT, conforme disse o presidente do
    partido Raimundo Monteiro.
    “O documento de inscrição não está cumprindo as
    regras, mas a gente recebe. Já se sabe, visivelmente, que não está cumprindo as
    regras estabelecidas pelo partido”
     destacou Monteiro.
    Além de borrões e rasuras, as folhas de inscrição
    da candidatura de Comerciário demonstravam inconsistências de assinaturas e
    muitas não continham a numeração do cadastro nacional de filiação (CNF).
    Encontro
    No próximo dia 24 (sábado) , acontecerá, no Centro
    de Estudo Sindical Rural (Cesir – Fetaema), no Araçagy, o Encontro de definição
    de candidatura, onde os delegados irão homologar oficialmente a escolha de Zé
    Antônio como vice.
    Além do apoio da maioria dos delegados, Heluy
    conseguiu agregar apoio de outros agrupamentos internos para além da sua
    corrente, a CNB, como foi o caso do ex-candidato a presidente municipal do PT
    de São Luis, Joab Jeremias.

    Fotos: Adorildo Japa

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!