Logo
  • Roseana só deixa o governo se Luis Fernando for o nome na indireta na AL

    Roseana Sarney entre Arnado Melo
    e Luis Fernando: a opção pelo secretário da Sinfra na eleição indireta na
    Assembleia é uma questão estratégica.
    A
    governadora Roseana Sarney está preparada para deixar o governo e disputar a
    única vaga para o Senado Federal. Todos os movimentos feitos por ela até aqui
    apontam para isso: o ex-vice Washington Luiz catapultado pera o TCE; aprovação
    da lei que institui o processo de eleição indireta na Assembleia Legislativa;
    data limite para os secretários deixarem os cargos etc.

    O
    problema é que a governadora só deixará a poltrona confortável do Palácio dos
    Leões se o nome para a eleição indireta for o seu secretário de Infraestrutura,
    Luis Fernando. Se não houver 100% de garantia de que o homem será o candidato
    no colégio eleitoral da Assembleia Legislativa, Roseana vai dizer: “se é para o bem de todos e
    felicidade geral do nosso grupo, diga ao povo que fico”
    .
    A
    governadora está errada em pensar assim? Claro que não! E não se trata de
    apenas de confiar ou não no presidente Arnaldo Melo, que sempre foi um aliado
    leal à governadora e o governo durante toda a sua gestão à frente da Assembleia
    Legislativa. Quanto a isso Roseana não tem do que se queixar.
    A
    questão é que Roseana e o núcleo duro do grupo sabem que esta eleição de 2014
    será uma das mais difíceis já enfrentada nestas quatro décadas de poder no
    Maranhão.
    Nesse
    sentido, precisam de alguém no comando do estado que possa ter “pulso” para
    coordenar o processo eleitoral a partir do governo, e Arnaldo Melo não tem o
    perfil adequado para esta missão. Arnaldo é gentleman…
    No
    cargo de governador, Luis Fernando teria mais condições de comandar o processo
    eleitoral, está mais “talhado” para atender as demandas da classe política e
    conciliar os imensos interesses políticos e eleitorais de um grupo heterogêneo
    como é caso do grupo da governadora Roseana Sarney.
    Por
    isso que a governadora e os seus auxiliares mais próximos avaliam que ela só
    deve deixar o governo se for para eleger Luis Fernando via a Assembleia
    Legislativa.
    Não
    se trata de confiança ou desconfiança.
    Trata-se
    de ganhar a eleição em outubro

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!