Logo
  • Santa Inês: padre está sendo investigado por pedofilia

    Um padre de Santa Inês está sendo investigado por pedofilia.
    O nome do suspeito é mantido em sigilo, mas quatro crianças que teriam sido
    vitimas do padre já foram ouvidas pela promotoria de Justiça.
    O mandado de busca e apreensão foi realizado na casa
    diocesana de Santa Inês, a pedido do Ministério Público, que ouviu as quatro
    meninas, todas menores de 12 anos, que teriam sido vítimas de abusos cometidos
    pelo padre. “Nós recebemos uma denúncia através das supostas vítimas, os
    depoimentos foram colhidos e, a partir destes dados, a 3ª Promotoria resolveu
    fazer o pedido da constatação da veracidade dos fatos alegados”, disse o promotor
    da Infância e Juventude, Marcos Antônio Amorim.
    Na casa diocesana, a polícia apreendeu uma CPU, um notebook e
    dois celulares. O conteúdo de uma mochila encontrada no quarto do padre está
    sendo mantido em sigilo. Nela estariam peças íntimas femininas e material
    pornográfico. Todo o material apreendido será encaminhado para perícia em São
    Luís. “Os objetos foram apreendidos e em vista do mandado de ordem judicial
    serão periciados”, afirmou o delegado, Marconi Martins.
    Desde que surgiram as acusações, a casa diocesana permanece
    fechada durante todo o tempo . O padre continua em liberdade e, por enquanto,
    as investigações seguem em sigilo de Justiça.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!