Logo
  • São José de Ribamar: Vereador Celso da Kiola emite nota de esclarecimento.

    Em face das
    acusações levianas, infundadas e com claras pretensões políticas veiculadas nos
    últimos cinco dias pelo Programa Bandeira 2’ da TV Difusora, eu, Celso da
    Kiola, vereador de São José de Ribamar venho  a público esclarecer as
    seguintes questões:
    1. O triste
    episódio ocorrido no domingo passado (dia 26), caracterizado por gesto e ação
    de barbárie e vandalismo contra Unidade de Saúde da Viola Kiola e que teve como
    protagonistas três jovens daquela comunidade não foi em momento algum apoiado
    por mim em suas consequências. Ao contrário, repudio toda e qualquer
    manifestação de violência contra os cidadãos e o bem público, a quem trabalho
    pela preservação de sua integridade em tempo real. Função que me foi conferida
    pela população e que venho honrando em São José de Ribamar por todos os
    bairros, vilas, comunidades e localidades do município.
    2. Os
    ataques a mim, e consequentemente à minha família, pelo veículo  de
    comunicação acima citado não ficarão impunes, haja vista defendermos a luta
    contra a impunidade neste estado, onde muitos utilizam o poder da Imprensa para
    de forma truculenta, monocrática e partidária tentar destruir reputações. O
    acontecimento do Domingo foi marcado pelo altruísmo, momento em que uma mãe
    desesperada pediu a mim que a levasse para acompanhar os procedimentos
    policiais que seriam aplicados a seu filho que fora detido naquela ocasião e
    não me neguei fazê-lo. Quem me conhece sabe que uma das minhas marcas de
    atuação é ajudar ao próximo, portanto, é execrável e vergonhosa a postura do
    Programa Bandeira 2 e de seu apresentador Silvan Alves em querer de forma
    forçosa distorcer os fatos. Agindo assim, o jornalista desqualifica também o
    trabalho sério de seus colegas que antes de publicarem matéria jornalística
     buscam informar-se de forma sóbria, correta e à procura da verdade.
    3. Como
    membro e integrante do Legislativo ribamarense, tenho o dever de lutar pela
    Juventude de minha cidade, mas nunca, em tempo algum, fui conivente com ato
    arbitrário que fira o Estado Democrático de Direito e as Leis deste País.
     Após prestar auxilio na noite do Acontecimento à mãe angustiada, fiz na
    condição de prestar socorro e apoio a uma cidadã que necessitava de tal
    suporte; que me solicitou ajuda para voltar para sua residência, o que de
    pronto atendi. Creio que qualquer Cidadão de Bem faria o mesmo. Diferentemente
    do que vem sendo divulgado por meus adversários políticos através do programa
    televisivo que se mostra adepto da perseguição orquestrada por aqueles que
    estão a serviço da calúnia, da difamação e dos factoides mentirosos.
    Não mais
    havendo, deixo meu sentimento de revolta e indignação exposto contra aqueles
    que sem conhecer o valor e a importância da verdade, decidiram-se pela mentira.

    Vereador
    Celso da Kiola

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!