Logo
  • Secretaria de Saúde de Pinheiro realiza caminhada no dia mundial de combate a AIDS…

    O Dia Mundial de Luta Contra a Aids em Pinheiro foi marcado com uma
    caminhada promovida pela Secretaria Municipal de Saúde do município manhã desta
    segunda-feira, 01/12, uma caminha para alertar os moradores de Pinheiro sobre o
    aumento soropositivos, principalmente no público mais jovem.
    Com saída do parque do babaçu as 7:30h, a caminhada teve como ponto de
    chegada a praça José Sarney no centro da cidade, houve distribuição de
    folhetos, preservativos masculinos e femininos e orientações à população. 

                 Joel Nunes secretário de articulações políticas do município
    participou da caminhada.
    Segundo informações do Ministério da Saúde
    (MS) os casos entre jovens de 15 a 24 anos, do sexo masculinos, cresceu em um
    década 68% e na população geral, a previsão é que em cada mil pessoas quatro
    sejam portadores do vírus, que ainda não tem cura. O número é mais assustador
    quando se trata de jovens gays , pois o número é 20 vezes maior, ou seja, 100
    em cada 1.000, sendo que muitos ainda não sabem que possui a doença.
    O secretário de Saúde do município informou que o objetivo da ação é
    conscientizar a população pinheirense sobre as formas de prevenção ao vírus,
    bem como, a expressão de solidariedade contra a discriminação e preconceito às
    pessoas que vivem com o HIV.

    De acordo com o secretário, Fábio Nascimento, atualmente existe uma gama
    extensa de medicamentos para o tratamento. “Desde 1996, o Brasil distribui
    gratuitamente o famoso coquetel anti Aids para todos que necessitam do
    tratamento. Além dele, existem 22 tipos de antirretrovirais com 40
    apresentações, divididos em seis classes. Para combater o HIV é preciso
    utilizar 3 ARVs combinados, sendo 2 medicamentos de classes diferentes, que
    podem ser combinados em um só comprimido”, explicou o secretário.

                                             Concentração final na Praça José Sarney
    Os testes rápidos estão sendo realizados no
    Centro Ambulatorial de Pinheiro (CAP). A  partir da coleta de uma gota de sangue da ponta
    do dedo. O sangue é colocado em dois dispositivos de testagem e para chegar ao
    resultado, o profissional que realiza o teste segue um fluxo determinado
    cientificamente. Se os dois dispositivos tiverem os mesmos resultados, o
    diagnóstico já é fechado. Porém, se houver discordância entre os resultados, é
    feito outro teste com um terceiro para confirmação. Assim, o resultado tem a
    mesma confiabilidade dos exames convencionais e não há necessidade de repetição
    em laboratório.
    Esse método permite que, em apenas meia hora,
    o paciente faça o teste, conheça o resultado e receba o serviço de
    aconselhamento necessário. 

    O TESTE DE AIDS É
    GRATUITO, SIGILOSO E UM DIREITO SEU

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!