Logo
  • Semana do Microempreendedor Individual leva oficinas e orientações a Pinheiro e Cururupu

    Atividades integraram a sétima edição do evento, realizado em todo
    o Brasil pelo Sebrae.
    Durante
    a última semana (13 a 17), em todo o Brasil, o Sebrae realizou a 7ª Semana do
    Microempreendedor Individual. Em Pinheiro, uma vasta programação foi promovida
    na unidade regional do Sebrae, indo do atendimento com formalização de negócios
    até a realização de palestras informativas para esclarecimento, aos
    participantes, sobre Declaração
    de Faturamentos da empresa, controle financeiro, manutenção de pagamentos, além
    de tirar dúvidas sobre os benefícios aos MEIs.
    Dentre
    as atividade, o Sebrae promoveu palestras de abertura das ações da 7ª semana do
    Microempreendedor com parceiros da instituição, como o Banco da Amazônia, Banco
    do Nordeste, Banco do Brasil, Associação Comercial de Pinheiro e o INSS,
    ocasião em que puderam apresentar soluções de atendimento aos MEIs, e ainda os
    empreendedores puderam tirar dúvidas com os palestrantes.
    Ainda
    na abertura da ação, os parceiros das instituições financeiras presentes,
    apresentaram suas linhas de crédito para o Microempreendedor Individual; o
    representante do Cred Amigo, especializado em Microcrédito, falou sobre linhas
    exclusivas para MEI e a representante do INSS tirou as dúvidas dos
    participantes sobre os benefícios dos empreendedores.
    A
    gerente Sebrae em Pinheiro, Rosa Amélia Borges, destacou a importância desse
    encontro com parceiros. “O Sebrae está incansavelmente disponível para realizar
    a capacitação dos MEIs, para que eles sejam bem sucedidos em seus negócios”,
    afirmou Rosa Amélia.
    Durante
    a semana de campanha, a Unidade Regional do Sebrae em Pinheiro estima realizar
    500 atendimentos, com informações, formalização de pequenos negócios,
    orientações técnicas, declarações de
    faturamentos e
    emissão de carnês.

    Os
    Microempreendedores Individuais (MEI) – aqueles que faturam até R$ 60 mil por
    ano – participam de cursos e oficinas sobre Gestão Financeira, Gestão do Fluxo
    do Caixa, Planejamento Empresarial, Negociação, Atendimento e Vendas.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!