Logo
  • Será desespero? Vândalos atacam veículos com propaganda da coligação Pelo Bem de Pinheiro.

    Veículo da funcionária pública Bia Barros sofreu ataque na Rua da Usina em Pacas.

    Veículo da funcionária pública Bia Barros sofreu ataque na Rua da Usina em Pacas.

    No mínimo dois carros adesivados com material de campanha da Coligação “Pelo Bem de Pinheiro” sofreram ataques de vândalos neste sábado, 27, um dia após à carreta realizada pelo candidato a prefeito, Filuca Mendes (PMDB) e pelo vice Cesar Soares (PT), em que milhares de populares foram impedidos de participar do evento, por força de blitz realizadas nos principais acessos à cidade de Pinheiro.

    Coincidentemente, os ataques aconteceram no povoado de Pacas, distante 9km do centro da cidade de Pinheiro. A mando não se sabe ainda de quem, os malfeitores agiram em uma motocicleta de cor e modelo não revelado por testemunhas, preservadas para garantir eventual andamento de investigações.

    Os ataques podem ter motivação política já que ambos os veículos são de militantes políticos aliados do prefeito Filuca Mendes, sendo um dos veículos de propriedade do candidato a vereador Paulo Ricardo, também integrante da coligação “`Pelo Bem de Pinheiro”.

    Veículo do candidato a vereador, Paulo Ricardo, sofreu ataque na Av: Santa Maria em Pacas.

    Veículo do candidato a vereador, Paulo Ricardo, sofreu ataque na Av: Santa Maria em Pacas.

    Os proprietários dos dois veículos tratam o caso como uma tentativa de intimidação, que pode ter partido de alas políticas que fazem oposição ao prefeito Filuca Mendes. Na manhã desta segunda, os donos dos veículos farão registros de boletins de ocorrência na Delegacia Regional de Pinheiro e irão cobrar a apuração das ocorrências.

    Nenhuma possiblidade pode ser descartada, já que Filuca Mendes enfrenta o filho do ex-prefeito Zé Genésio, sobre quem pesa um episódio conhecido na cidade, quando este crivou de balas as paredes da casa do então vice-prefeito Dr. Aquiles Ribeiro no ano 2000. De outro lado, um candidato vindo da Paraíba, sobre quem pesa a suspeita do uso de capangas encapuzados para derrubar placa de advertência colocada nas imediações do hospital Regional da Baixada, em Pinheiro [leia aqui].

    O esclarecimento dos fatos está nas mãos das forças policiais. Vamos aguardar.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!