Logo
  • Sessão solene proposta pelo deputado Cabo Campos concede Títulos de Cidadão Maranhense.

    Por
    meio de um requerimento realizado pelo deputado Cabo Campos (PP), a
    Assembleia Legislativa do Maranhão realizou, na manhã da última sexta-feira
    (13), uma sessão solene de entrega de títulos de cidadão maranhense a duas
    personalidades que são destaques pelos relevantes serviços
    prestados à sociedade.
    O
    título foi concedido ao promotor de justiça Domingos Eduardo da Silva, onde é titular da 5ª Promotoria de Justiça Criminal de
    Imperatriz, nascido em São Félix (PI), Domingos Eduardo é graduado em Direito
    pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás, com especialização e mestrado
    em Ciências Criminais pela Universidade Federal de Goiás.
    O titular da 5ª Promotoria de Justiça Criminal de
    Imperatriz ingressou no Ministério Público do Maranhão em junho de 1995, tendo
    atuado nas comarcas de Esperantinópolis, Estreito, Grajaú e Imperatriz. Como
    reconhecimento pelo seu trabalho, já recebeu os títulos de cidadania dos
    municípios de Esperantinópolis, Poção de Pedras, Estreito, Grajaú e, agora,
    Imperatriz. Outra
    personalidade a receber a honraria foi o
    Bispo Samuel Ferreira, representando seu pai, Manuel Ferreira, presidente
    mundial das Igrejas Assembleias de Deus ministério Madureira. Um homem de
    destaque no cenário cristão evangélico, o bispo Manoel Ferreira já foi
    agraciado com diversos títulos, medalhas e comendas, em diversos estados do
    Brasil e também pelo governo federal, em reconhecimento aos relevantes
    trabalhos prestados, não só à igreja, mais pela nação brasileira, onde lidera
    projetos de inclusão social para pessoas carentes, crianças e idosos no Brasil
    e em outros países como Bolívia, Rússia, Noruega e Ucrânia. Sendo indicado no
    ano de 2008 ao prêmio Nobel da Paz.
    O ato foi presidido pelo deputado estadual Wellington onde
    reuniu um grande número de pessoas no plenário Nagib Haickel. O
    primeiro a discursar foi o autor do requerimento da sessão solene, o deputado
    Cabo Campos, que falou da satisfação daquele momento. “É com imensa satisfação
    que iniciamos esta sessão solene para entrega dos títulos de cidadãos
    maranhenses a esses dois homens que tanto contribuem ao nosso estado e nação.
    Um forte reconhecimento às suas funções desempenhadas, ao promotor de justiça Domingos
    Eduardo, que ergue a bandeira da justiça com o foco na equidade,
    e ao bispo Manoel Ferreira, representado por seu filho Samuel Ferreira, do
    ministério Madureira do Brasil, que semeia restauração na nossa nação e estado,
    por meio da fé em Cristo Jesus, restaurando famílias, que é a ponte basilar de
    uma nação”, discursou Cabo Campos, que fez menção à importância das
    contribuições desses homens na sociedade.
    Em
    seguida, subiu à tribuna o primeiro homenageado, o promotor de justiça Domingos
    Eduardo. Após saudar os colegas e os parlamentares, Domingos Eduardo agradeceu
    a Deus, e ao deputado Cabo Campos propositor da solenidade. “Estou muito
    emocionado, por ser agora cem por cento maranhense, assim quero agradecer a
    Deus por essa honra, ao deputado Cabo Campos e a casa legislativa por me
    conceder tão alta honraria”, agradeceu.
    A música também teve seu espaço, a abertura teve como cântico o
    hino nacional com a irmã Lucidalva Rodrigues que cantou o hino nacional,
    Ivanilde Trajano cantando Deus dos Campos e por final emocionando a todos o
    vocal Cibe Maranhão, que trouxe canções tradicionais da arpa cristã.
    Outro homenageado foi o Bispo Manuel
    Ferreira, que por conta de seu estado de saúde, seu filho Samuel Ferreiro o
    representou. “Sentir-me extremamente honrado, esse título engradece a história
    do bispo Manuel Ferreira, muito agradecido por essa casa por meio do deputado
    Cabo Campos nos conceder essa homenagem. A forma que fomos recebidos levaremos
    como uma linda lembrança em nossos corações,” disse Samuel Ferreira.
    Por fim, o deputado Cabo Campos agradeceu a presença de todos e
    ressaltou a importância da solenidade, além de destacar o importante papel da
    Igreja e dos homens valorosos que foram prestigiados.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!