Logo
  • Suposto “oftalmologista” que efetuava consultas na Baixada é preso em flagrante na cidade de Viana.

    Na manhã da última quinta-feira (23) a Polícia Civil por meio da Delegacia Regional de Viana, prendeu em flagrante Paulo Barbosa Bezerra e Maria Lucineide Trindade Viana, acusados pelos crimes de exercício ilegal da medicina e estelionato na região da baixada maranhense.

    Após denúncias de uma vítima, uma equipe da Polícia Civil coordenada pela Delegada Sara Bonfim se deslocou até o estabelecimento comercial no centro da cidade de Viana para checar a veracidade dos fatos. Nas dependências da loja, estava Paulo Bezerra exercendo a profissão de médico oftalmologista, sem o devido registro no Conselho Regional de Medicina.

    Em um ambiente totalmente inadequado, foram encontrados vários equipamentos para a realização de consultas e exames oftalmológicos, além de blocos de receituários em branco.  Na ocasião, Maria Trindade Viana foi presa pela acusação de estelionato, pois a mesma é proprietária do estabelecimento comercial e responsável pela marcação de consultas.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!