Logo
  • Toca Serra e prefeito Irlan, representam contra blogueiros e Fernando Furtado.

    O primeiro suplente de
    deputado estadual Toca Serra (PTC) entrou com representação na justiça contra
    blogueiros maranhenses e o deputado estadual Fernando Furtado (PC do B), por
    difamação e calunia, e cobra dos caluniadores na justiça cheques seus que
    supostamente teriam sido encontrados com o empresário Pacovam como afirmam
    blogueiros e repercutiu o deputado na tribuna da AL.
    Fernando Furtado chegou a
    pedir a prisão do prefeito de Pedro do Rosário, Irlan Serra (PTC) e de seu
    irmão, o suplente de deputado Toca Serra, e afirmou que teriam encontrado com
    agiotas um cheque um no valor de R$ 1.060,000,00 (hum milhão e sessenta mil
    reais) e outro de R$ 1.500,000,00 (hum milhão de quinhentos mil reais).
    “Eles vão ter que mostrar diante da justiça esses
    cheques. Se houvesse cheques deveria ter mostrado como mostraram os de Niltinho
    Aragão, Dalton Arruda e
    outros”. Disse Toca Serra. 
    Além de Toca, o prefeito
    Irlan Serra também ingressou na justiça e quer reparação das acusações que tem
    sofrido por uma parte da imprensa e pelo deputado Fernando Furtado, que segundo
    o prefeito estaria a serviço e sendo usado pela oposição de Pedro do Rosário
    para fazer uma politicagem rasteira contra o prefeito sua família e contra o
    município.
    Em relação à prisão que
    pediu o deputado Fernando Furtado  na
    tribuna da Assembleia, Toca lembra que: “Quem
    deveria estar preso, era ele Fernando, acusado de usar benefícios como pescador
    e de utilizar Sindicatos e se dizer dono de Entidades de Pescadores nos
    municípios de Pinheiro, Pedro do Rosário e outros”.
    Afirmou Toca!
    O prefeito Irlan relembrou
    que, existe um caso relacionado ao deputado pescador Furtado em que o RGP dos
    associados ao sindicato tem a data antes da fundação da entidade, que sequer
    possuía CNPJ. Hoje, o mesmo sindicato, com sede em São João Batista, tem mais
    de 4 mil associados, incluindo pescadores que nunca olharam um caniço e não
    moram mas na mesma cidade. A entidade é controlada por um vereador, que estaria
    cobrando R$ 150 por declarações.
    Afirma ainda Irlan
    que pesa ainda contra ‘Pescado’, ou melhor, Furtado, o golpe no
    Seguro-Desemprego do Pescador Artesanal, mantido pelo Ministério do Trabalho e
    pago na Caixa Econômica Federal. Por essa razão, em 2012 ele foi notificado
    pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, após tomar ciência da
    fraude por ele praticada e por mais outros 500 pescadores de uma entidade que
    ele presidiu durante vários anos.
    “Vamos
    provar e mostrar que a máfia da pesca também funciona em Pinheiro, Pedro do
    Rosário e Região em Sindicato de Pescadores”.
    Disse
    o prefeito Irlan Serra.
    Outro indicio de
    desespero do Deputado a serviço da oposição de Pedro do Rosário é por causa da
    posse de Toca Serra que deverá acontecer ainda este mês de junho com o afastamento
    do deputado Edivaldo Holanda. “Eles
    acham que um filho de Pedro do Rosário, não pode assumir uma vaga na Assembleia
    Legislativa e representar o povo de Pedro do Rosário e da Baixada”.

    Desabafou Toca Serra!

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!